Total de consorciados dobra em treze anos e é recorde histórico

logoAbac
Vendas de novas cotas ultrapassam dois milhões e contemplações superam um milhão

O número de participantes ativos do Sistema de Consórcios apontou novo recorde em outubro ao ultrapassar 5,63 milhões. Esse total é o dobro do verificado em 2000, quando somou 2,81 milhões de consorciados. De forma constante, o crescimento se consolidou ficando os setores com as seguintes participações: veículos automotores, 86,8%, que, com sua totalidade subdividida, apresenta 49% em motocicletas, 46,6% em veículos leves e 4,4% em veículos pesados; tendo ainda os imóveis com 12,3%; eletroeletrônicos e outros bens duráveis com 0,6% e serviços com 0,3%.

Os consórcios também apontaram expansão nas vendas de novas cotas e nas contemplações. Enquanto as novas adesões acumularam 2,09 milhões nos dez primeiros meses de 2013, com viés de alta sobre as anteriores 2,08 milhões do ano passado, as contemplações aumentaram 3% e saltaram de 1,01 milhão (jan-out/2012) para 1,04 milhão (jan-out/2013), no mesmo período.

Paralelamente, a exemplo do que já vem ocorrendo ultimamente, os consorciados cresceram 10,4%, chegando à marca histórica de 5,63 milhões (outubro/2013) superando os 5,10 milhões atingidos no mesmo mês de 2012.

Com 2013 quase findando, Paulo Roberto Rossi, presidente executivo da ABAC Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios, esclareceu que “os consórcios, este ano, confirmaram mais uma vez se tratar de alternativa importante para os consumidores, em suas compras de bens ou em contratações de serviços. Para a economia nacional, contribuíram para o crescimento dos diversos elos da cadeia produtiva, especialmente nos setores de veículos automotores, imóveis e serviços”.

Ao analisar a participação do Sistema de Consórcios em setores onde atua, Rossi comentou que “a cada dia que passa, observamos os consórcios mais e mais consolidados. Entre os veículos leves, o aumento médio da presença nas vendas realizadas no mercado interno foi de 9,5% nos acumulados de janeiro a outubro deste ano sobre o anterior, chegando a 13,8% contra 12,6%. No setor motociclístico, o crescimento foi de 3,7%, ficando em 45% contra 43,4%”.

Com planejamento financeiro, sem endividamentos excessivos e com oportunidade de concretizar seus objetivos mensalmente por sorteio ou oferecendo lance, muitos consumidores têm feito adesão a grupos de consórcios, inclusive com a possibilidade de aproveitar todo ou parte do 13º salário.

“Seguindo a premissa básica da educação financeira, cuja cultura está na poupança e no consumo responsável”, complementa o presidente da ABAC, “o brasileiro, ao optar pelo consórcio, estará agindo com inteligência e sabedoria visando realizar seus objetivos pessoais, familiares ou empresariais, inclusive o de formação e ampliação patrimoniais, de forma simples e com baixo custo”.

 

RESUMO DO SISTEMA DE CONSÓRCIOS


COMPLETADOS DEZ MESES DO ANO, O SISTEMA DE CONSÓRCIOS REGISTROU MARCAS EXPRESSIVAS EM SEUS INDICADORES. O TOTAL DE PARTICIPANTES, 5,63 MILHÕES, FOI RECORDE NOS ÚLTIMOS QUINZE ANOS, ALÉM DE ATINGIR O DOBRO DO NÚMERO DE CONSORCIADOS DE TREZE ANOS ANTES (2000).

AS VENDAS DE NOVAS COTAS SUPERARAM OS DOIS MILHÕES E AS CONTEMPLAÇÕES ULTRAPASSARAM UM MILHÃO.

O VOLUME DE NEGÓCIOS ACUMULADO NESSE PERÍODO FOI DE R$ 67,9 BILHÕES, 3,2% MAIS QUE O ANO ANTERIOR.

PATRIMÔNIO LÍQUIDO AJUSTADO*
- R$ 6,3 BILHÕES (JUNHO/2013)
- R$ 5,4 BILHÕES (JUNHO/2012)
CRESCIMENTO: 16,7%

VOLUME DE NEGÓCIOS
- R$ 67,9 BILHÕES (JANEIRO-OUTUBRO/2013)
- R$ 65,8 BILHÕES (JANEIRO-OUTUBRO/2012)
CRESCIMENTO: 3,2%

ATIVOS ADMINISTRADOS*
- R$ 131,0 BILHÕES (JUNHO/2013)
- R$ 115,0 BILHÕES (JUNHO/2012)
CRESCIMENTO: 13,9%

TRIBUTOS E CONTRIBUIÇÕES PAGOS*
- R$ 733 MILHÕES (JANEIRO-JUNHO/2013)
- R$ 642 MILHÕES (JANEIRO-JUNHO/2012)
CRESCIMENTO: 14,2%

EMPREGOS GERADOS DIRETOS E INDIRETOS
- MAIS DE 100 MIL**

* Fonte: Banco Central do Brasil
** Estimados

 

NÚMEROS DO SISTEMA DE CONSÓRCIOS
ESTIMATIVAS SEGUNDO A ASSESSORIA ECONÔMICA DA ABAC


EM RELAÇÃO ÀS VENDAS DE NOVAS COTAS, OBSERVOU-SE UMA PEQUENA EXPANSÃO COM VIÉS POSITIVO QUE PERMITIU FECHAMENTO MAIOR QUE 2012.

NAS CONTEMPLAÇÕES, O ACUMULADO SUPEROU A CASA DO MILHÃO DE CONSORCIADOS COM POSSIBILIDADE DE REALIZAÇÃO DOS SONHOS DE CONSUMO OU DE FORMAÇÃO E AMPLIAÇÃO PATRIMONIAIS E AUMENTOU 3%, NOS DEZ MESES DESTE ANO CONTRA O PERÍODO ANTERIOR.

O NÚMERO DE PARTICIPANTES CRESCEU 10,4% EM OUTUBRO ÚLTIMO COMPARADO AO MESMO MÊS DE 2012.

- PARTICIPANTES (CONSORCIADOS)
- 5,63 MILHÕES (EM OUTUBRO/2013)
- 5,10 MILHÕES (EM OUTUBRO/2012)
CRESCIMENTO: 10,4%

- VENDAS DE NOVAS COTAS (NOVOS CONSORCIADOS)
- 2,09 MILHÕES (JANEIRO-OUTUBRO/2013)
- 2,08 MILHÕES (JANEIRO-OUTUBRO/2012)
ESTÁVEL, MAS COM VIÉS POSITIVO

- CONTEMPLAÇÕES (CONSORCIADOS QUE TIVERAM A OPORTUNIDADE DE COMPRAR BENS)
- 1,04 MILHÃO (JANEIRO-OUTUBRO/2013)
- 1,01 MILHÃO (JANEIRO-OUTUBRO/2012)
CRESCIMENTO: 3%

 

O SISTEMA DE CONSÓRCIOS DIVIDIDO POR SETORES


VEÍCULOS AUTOMOTORES EM GERAL

FALTANDO DOIS MESES PARA O ENCERRAMENTO DO ANO, O SETOR DE VEÍCULOS AUTOMOTORES, QUE AGRUPA VEÍCULOS LEVES, VEÍCULOS PESADOS E MOTOCICLETAS, APONTOU ALTA DE 12,2% NOS PARTICIPANTES ATIVOS EM RELAÇÃO AO ANO PASSADO.

ENTRE JANEIRO E OUTUBRO, AS VENDAS ACUMULADAS CRESCERAM 2,1%, ENQUANTO A SOMA DAS CONTEMPLAÇÕES AUMENTOU 3,3%.

- PARTICIPANTES  (CONSORCIADOS)
- 4,89 MILHÕES (EM OUTUBRO/2013)
- 4,36 MILHÕES (EM OUTUBRO/2012)
CRESCIMENTO: 12,2%

- VENDAS DE NOVAS COTAS  (NOVOS CONSORCIADOS)
- 1,91 MILHÃO (JANEIRO-OUTUBRO/2013)
- 1,87 MILHÃO (JANEIRO-OUTUBRO/2012)
CRESCIMENTO: 2,1%

- CONTEMPLAÇÕES  (CONSORCIADOS QUE TIVERAM A OPORTUNIDADE DE COMPRAR BENS)
- 960,3 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2013)
- 929,4 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2012)
CRESCIMENTO: 3,3%

MOTOCICLETAS E MOTONETAS

COM 45% DE PARTICIPAÇÃO NAS VENDAS AO MERCADO INTERNO, NOS ÚLTIMOS DEZ MESES, 3,7% MAIS QUE O MESMO PERÍODO DE 2012, QUANDO REGISTROU 43,4%, O SETOR MOTOCICLÍSTICO MANTEVE A PROPORÇÃO DE UMA A CADA DUAS MOTOS COMERCIALIZADAS NO PAÍS, POR MEIO DO SISTEMA DE CONSÓRCIOS.

COM 2,4 MILHÕES DE PARTICIPANTES, O SETOR MOVIMENTOU R$ 11,6 BILHÕES, COM TÍQUETE MÉDIO MAIOR.

- PARTICIPANTES  (CONSORCIADOS)
- 2,40 MILHÕES (EM OUTUBRO/2013)
- 2,35 MILHÕES (EM OUTUBRO/2012)
CRESCIMENTO: 2,1%

- VENDAS DE NOVAS COTAS  (NOVOS CONSORCIADOS)
- 1,08 MILHÃO (JANEIRO-OUTUBRO/2013)
- 1,11 MILHÃO (JANEIRO-OUTUBRO/2012)
RETRAÇÃO: 2,7%

- CONTEMPLAÇÕES  (CONSORCIADOS QUE TIVERAM A OPORTUNIDADE DE COMPRAR BENS)
- 606,0 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2013)
- 606,5 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2012)
ESTÁVEL

- TÍQUETE MÉDIO DO MÊS (VALOR MÉDIO DA COTA NO MÊS)
- R$ 10,6 MIL (OUTUBRO/2013)
- R$ 10,2 MIL (OUTUBRO/2012)
CRESCIMENTO: 3,9%

- VOLUME DE NEGÓCIOS  (ACUMULADO NO PERÍODO)
- R$ 11,6 BILHÕES (JANEIRO-OUTUBRO/2013)
- R$ 12,3 BILHÕES (JANEIRO-OUTUBRO/2012)
RETRAÇÃO: 5,7%

VEÍCULOS LEVES  (AUTOMÓVEIS, CAMIONETAS, UTILITÁRIOS)

ALÉM DE CRESCER EM NÚMERO DE PARTICIPANTES ATIVOS, ESTE SETOR REGISTROU MAIOR PRESENÇA NAS VENDAS DO MERCADO INTERNO EM RELAÇÃO AO MESMO PERÍODO DO ANO PASSADO.

COM 9,5% A MAIS, OS CONSÓRCIOS CONSOLIDARAM SUA PRESENÇA EM 13,4%, OU SEJA, PARTICIPANDO COM UM VEÍCULO EM CADA SETE COMERCIALIZADOS NO PAÍS, NESTE ANO.

MÊS APÓS MÊS, O TOTAL DE PARTICIPANTES CRESCEU. NA RELAÇÃO OUTUBRO SOBRE JANEIRO DESTE ANO, O AUMENTO FOI DE 18,1%.

MÊS   JAN    FEV    MAR    ABR    MAI     JUN    JUL    AGO   SET   OUT   -  SET/JAN
PARTICIPANTES*    1,93    1,95    2,02     2,05     2,05    2,10    2,16   2,20   2,25    2,28       + 18,1%
*EM MILHÕES

AINDA NOS MESMOS DEZ MESES DE 2013, O ACUMULADO DE VENDAS CRESCEU 10% SOBRE O TOTAL DO ANO PASSADO, NO MESMO PERÍODO.

COMPARANDO AS CONTEMPLAÇÕES, TAMBÉM NESSE PERÍODO, HOUVE AUMENTO DE 10,7% SOBRE O DO ANO ANTERIOR.

- PARTICIPANTES  (CONSORCIADOS)
- 2,28 MILHÕES (EM OUTUBRO/2013)
- 1,82 MILHÃO   (EM OUTUBRO/2012)
CRESCIMENTO: 25,3%

- VENDAS DE NOVAS COTAS  (NOVOS CONSORCIADOS)
- 791,5 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2013)
- 719,5 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2012)
CRESCIMENTO: 10%

- CONTEMPLAÇÕES  (CONSORCIADOS QUE TIVERAM A OPORTUNIDADE DE COMPRAR BENS)
- 327,0 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2013)
- 295,5 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2012)
CRESCIMENTO: 10,7%

- TÍQUETE MÉDIO (VALOR MÉDIO DA COTA NO MÊS)
- R$ 41,1 MIL (OUTUBRO/2013)
- R$ 41,1 MIL (OUTUBRO/2012)
ESTÁVEL

- VOLUME DE NEGÓCIOS  (ACUMULADO NO PERÍODO)
- R$ 33,0 BILHÕES (JANEIRO-OUTUBRO/2013)
- R$ 30,3 BILHÕES (JANEIRO-OUTUBRO/2012)
CRESCIMENTO: 8,9%

VEÍCULOS PESADOS  (CAMINHÕES, ÔNIBUS, SEMI-REBOQUES, TRATORES, IMPLEMENTOS)

COMO VERDADEIROS SINALIZADORES DA ECONOMIA, O TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGA E O AGRONEGÓCIO, QUANDO PARTICIPANTES DO SISTEMA DE CONSÓRCIOS, MOSTRAM QUE, APESAR DA RETRAÇÃO DE 4,8% NAS VENDAS DE NOVAS COTAS, O SETOR DE VEÍCULOS PESADOS, QUE INCLUI OS DOIS MERCADOS, APRESENTOU 8,6% MAIS CONSORCIADOS ATIVOS.

O TOTAL EM OUTUBRO FOI 6,7% SUPERIOR AO DE JANEIRO, PONTUANDO VOLUMES CRESCENTES A CADA MÊS.

MÊS      JAN      FEV     MAR     ABR     MAI     JUN     JUL     AGO    SET     OUT  -  SET/JAN
PARTICIPANTES*   200,5   201,0    202,0    203,0    203,3   204,5   207,0   210,0   212,0   214,0   + 6,7%
*EM MILHARES

COM TÍQUETE ESTÁVEL, OS CONSORCIADOS NESTE SETOR MANTIVERAM O INTERESSE POR BENS DE VALORES SEMELHANTES AO ANO PASSADO.

- PARTICIPANTES  (CONSORCIADOS)
- 214,0 MIL (EM OUTUBRO/2013)
- 197,0 MIL (EM OUTUBRO/2012)
CRESCIMENTO: 8,6%

- VENDAS DE NOVAS COTAS (NOVOS CONSORCIADOS)
- 41,9 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2013)
- 44,0 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2012)
RETRAÇÃO: 4,8%

- CONTEMPLAÇÕES  (CONSORCIADOS QUE TIVERAM A OPORTUNIDADE DE COMPRAR BENS)
- 27,3 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2013)
- 27,4 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2012)
ESTÁVEL

- TÍQUETE MÉDIO (VALOR MÉDIO DA COTA NO MÊS)
- R$ 147,0 MIL (OUTUBRO/2013)
- R$ 146,0 MIL (OUTUBRO/2012)
ESTÁVEL

- VOLUME DE NEGÓCIOS  (ACUMULADO NO PERÍODO)
- R$ 6,3 BILHÕES (JANEIRO-OUTUBRO/2013)
- R$ 6,4 BILHÕES (JANEIRO-OUTUBRO/2012)
RETRAÇÃO: 1,5%

MÁQUINAS E IMPLEMENTOS AGRÍCOLAS 
NÚMERO DE PARTICIPANTES CRESCE 15%

LEVANTAMENTO FEITO PELA ASSESSORIA ECONÔMICA DA ABAC, EM AGOSTO, MOSTROU QUE A PRESENÇA DE 76,9 MIL CONSORCIADOS EM MÁQUINAS E IMPLEMENTOS AGRICOLAS SOBRE O TOTAL DE 210 MIL DE VEÍCULOS PESADOS NAQUELE MÊS, CORRESPONDIAM A UMA EXPANSÃO SETORIAL DE QUASE 15%, EM RELAÇÃO AO REGISTRADO EM MARÇO ÚLTIMO.

ASSIM, OS 36,6% DE PARTICIPAÇÃO EXPRESSAVAM A IMPORTÂNCIA DO SISTEMA DE CONSÓRCIOS NO AGRONEGÓCIO.

SEJA PELAS VÁRIAS FORMAS DE PAGAMENTO, INTEGRAL OU PARCIAL, SEJA PELA DIVERSIDADE DE DATAS DE VENCIMENTO DAS PARCELAS – MENSAL, BIMESTRAL, TRIMESTRAL, SEMESTRAL E ANUAL – OU ATÉ POR SAFRAS, O MECANISMO TEM SIDO UTILIZADO PRINCIPALMENTE POR PRODUTORES RURAIS, PARTICIPANDO EM GRUPOS COM PRAZO MÉDIO DE 97 MESES.

A TAXA MÉDIA DE ADMINISTRAÇÃO É DE 0,123% AO MÊS COM A MAIORIA DOS CRÉDITOS VARIANDO DE R$ 68,1 MIL A R$ 296 MIL.
MAIS DETALHES SOBRE CONSÓRCIO DE MÁQUINAS E IMPLEMENTOS AGRÍCOLAS PODEM SER OBSERVADOS NO QUADRO ABAIXO.


IMÓVEIS

COM O MERCADO IMOBILIÁRIO VIVENDO MOMENTO DE RECUPERAÇÃO, MAS AINDA COM OSCILAÇÕES, AS VENDAS DE NOVAS COTAS CONTINUAM AUMENTANDO DE FORMA LENTA, MANTENDO-SE NA MÉDIA DE 15,6 MIL UNIDADES/MÊS.

PARALELAMENTE, O CONSÓRCIO DE IMÓVEIS REGISTROU NOVAMENTE CRESCIMENTO NO TOTAL DE PARTICIPANTES. DE JANEIRO A OUTUBRO DESTE ANO, A ALTA TEM SIDO GRADATIVA, CHEGANDO A 2%.

MÊS    JAN     FEV    MAR     ABR      MAI     JUN     JUL     AGO    SET    OUT  -  SET/JAN
PARTICIPANTES*  678,5   680,0   681,1    683,0    685,0   688,0   690,0   690,5   691,5   692,3    + 2%
*EM MILHARES

MESMO COM O TÍQUETE MÉDIO NACIONAL RETRAÍDO EM OUTUBRO, OS CONSÓRCIOS DE IMÓVEIS CONTINUARAM APRESENTANDO ESTABILIDADE, TODAVIA COM PEQUENO VIÉS DE RETRAÇÃO.

MÊS       JAN     FEV     MAR      ABR    MAI     JUN       JUL     AGO    SET      OUT  -    VOL.**
TÍQUETE 2013*    104,6   105,7   105,8     107,0   109,7   110,5     109,6   110,4    111,1    106,8     R$ 16,6
TÍQUETE 2012*     90,4     94,4    102,0     101,7   109,1   101,5    101,7   109,4    111,3    108,4     R$ 16,9
*EM MILHARES    ** VOLUME EM BILHÕES

- PARTICIPANTES  (CONSORCIADOS)
- 692,3 MIL (EM OUTUBRO/2013)
- 666,5 MIL (EM OUTUBRO/2012)
CRESCIMENTO: 3,9%

- VENDAS DE NOVAS COTAS (NOVOS CONSORCIADOS)
- 156,3 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2013)
- 160,5 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2012)
RETRAÇÃO: 2,6%

- CONTEMPLAÇÕES  (CONSORCIADOS QUE TIVERAM A OPORTUNIDADE DE COMPRAR BENS)
- 58,5 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2013)
- 61,6 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2012)
RETRAÇÃO: 5%

- TÍQUETE MÉDIO (VALOR MÉDIO DA COTA NO MÊS)
- R$ 106,8 MIL (OUTUBRO/2013)
- R$ 108,4 MIL (OUTUBRO/2012)
RETRAÇÃO: 1,5%

- VOLUME DE NEGÓCIOS  (ACUMULADO NO PERÍODO)
- R$ 16,9 BILHÕES (JANEIRO-OUTUBRO/2013)
- R$ 16,6 BILHÕES (JANEIRO-OUTUBRO/2012)
CRESCIMENTO: 1,8%

FGTS NO CONSÓRCIO DE IMÓVEIS 

UTILIZAÇÃO APROXIMOU-SE DOS R$ 90 MILHÕES EM 2013

A UTILIZAÇÃO PARCIAL OU TOTAL DOS SALDOS DAS CONTAS DO FGTS SOMOU POUCO MAIS DE R$ 88,5 MILHÕES, FEITAS POR 3.652 TRABALHADORES-PARTICIPANTES DO CONSÓRCIO DE IMÓVEIS, NOS DEZ PRIMEIROS MESES DO ANO.

 

ELETROELETRÔNICOS E OUTROS BENS MÓVEIS DURÁVEISO NOVO MOMENTO VIVIDO PELO SETOR DE ELETROELETRÔNICOS SINALIZA, APESAR DAS RETRAÇÕES APONTADAS NOS INDICADORES, UMA SITUAÇÃO QUE BUSCA REVERSÃO DE TENDÊNCIA, MOTIVADA PELA MUDANÇA DE COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR.

COM NOVOS INTERESSES E MESMO COM AS ADESÕES LIGEIRAMENTE MAIORES, A ESTABILIDADE FICOU PONTUADA DE JANEIRO A OUTUBRO.

NESSES DEZ MESES, O TÍQUETE MÉDIO FICOU EM R$ 4,8 MIL, REGISTRANDO UM CRESCIMENTO DE 2,1%, QUANDO COMPARADOS O DE OUTUBRO SOBRE O DE JANEIRO.

MÊS      JAN     FEV    MAR   ABR   MAI   JUN   JUL   AGO  SET   OUT  – MÉDIA – OUT/JAN
TÍQUETE*       4,7       4,7      4,7     4,7     4,9     5,0    5,0    4,8     5,0     4,8       4,8        + 2,1%
*EM MILHARES DE REAIS

- PARTICIPANTES  (CONSORCIADOS)
- 35,0 MIL (EM OUTUBRO/2013)
- 58,0 MIL (EM OUTUBRO/2012)
RETRAÇÃO: 39,7%

- VENDAS DE NOVAS COTAS  (NOVOS CONSORCIADOS)
- 17,7 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2013)
- 36,2 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2012)
RETRAÇÃO: 51,1%

- CONTEMPLAÇÕES  (CONSORCIADOS QUE TIVERAM A OPORTUNIDADE DE COMPRAR BENS)
- 12,9 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2013)
- 20,1 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2012)
RETRAÇÃO: 35,8%

- TÍQUETE MÉDIO (VALOR MÉDIO DA COTA NO MÊS)
- R$ 4,8 MIL (OUTUBRO/2013)
- R$ 4,7 MIL (OUTUBRO/2012)
CRESCIMENTO: 2,1%

- VOLUME DE NEGÓCIOS (ACUMULADO NO PERÍODO)
- R$   85,3 MILHÕES (JANEIRO-OUTUBRO/2013)
- R$ 169,7 MILHÕES (JANEIRO-OUTUBRO/2012)
RETRAÇÃO: 49,7%

LEVANTAMENTOS RECENTES FEITOS PELA ASSESSORIA ECONÔMICA DA ABAC APRESENTARAM UM NOVO PERFIL DE UTILIZAÇÃO DOS CRÉDITOS DAS CONTEMPLAÇÕES PELOS CONSORCIADOS NO SETOR DE ELETROELETRÔNICOS E OUTROS BENS MÓVEIS.

NO QUADRO ABAIXO, A NOVA SITUAÇÃO PODE SER OBSERVADA.


SERVIÇOS

AO MANTER A MÉDIA DE PARTICIPANTES EM 16,5 MIL E, PRINCIPALMENTE, COM CRESCIMENTO DE 5% DE JANEIRO A OUTUBRO, OS CONSÓRCIOS DE SERVIÇOS JÁ INDICAM UM CONSUMIDOR REANALISANDO SUAS AÇÕES DE CONSUMO.

COM MUITOS BRASILEIROS AINDA FOCANDO A REDUÇÃO DE SEUS ENDIVIDAMENTOS PESSOAIS, OS CONSÓRCIOS DE SERVIÇOS NÃO TÊM EVOLUÍDO RAPIDAMENTE.

O ADIAMENTO NAS ADESÕES CONTINUOU REFLETINDO NO TOTAL DE VENDAS DE NOVAS COTAS, ENTRE JANEIRO E OUTUBRO, PORÉM NÃO INFLUENCIOU NO CRESCIMENTO DE PARTICIPANTES, FATO QUE CONFIRMA SUA INTENÇÃO EM REALIZAR OS SONHOS DE CONSUMO E DE SATISFAÇÃO PESSOAL.

MÊS   JAN    FEV    MAR   ABR  MAI   JUN   JUL    AGO  SET    OUT – OUT/JAN MÉDIA
PARTICIPANTES*  16,0    16,3     16,4   16,4   16,5  16,8   16,5   16,5    16,5   16,8      + 5%     16,5
*EM MILHARES

AS CONTEMPLAÇÕES, NOS DEZ PRIMEIROS MESES DO ANO, REGISTRARAM ALTA DE 8,8% SOBRE O MESMO PERÍODO DE 2012.

- PARTICIPANTES  (CONSORCIADOS)
- 16,8 MIL (EM OUTUBRO/2013)
- 15,0 MIL (EM OUTUBRO/2012)
CRESCIMENTO: 12%

- VENDAS DE NOVAS COTAS (NOVOS CONSORCIADOS)
-   7,3 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2013)
- 10,6 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2012)
RETRAÇÃO: 31,1%

- CONTEMPLAÇÕES  (CONSORCIADOS QUE TIVERAM A OPORTUNIDADE DE CONTRATAR
SERVIÇOS)
- 3,7 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2013)
- 3,4 MIL (JANEIRO-OUTUBRO/2012)
CRESCIMENTO: 8,8%

- TÍQUETE MÉDIO (VALOR MÉDIO DA COTA NO MÊS)
- R$ 5,4 MIL (OUTUBRO/2013)
- R$ 5,6 MIL (OUTUBRO/2012)
RETRAÇÃO: 3,6%

- VOLUME DE NEGÓCIOS  (ACUMULADO NO PERÍODO)
- R$ 40,2 MILHÕES (JANEIRO-OUTUBRO/2013)
- R$ 58,7 MILHÕES (JANEIRO-OUTUBRO/2012)
RETRAÇÃO: 31,5%

DEPOIS DE COMPLETAR QUATRO ANOS E MEIO DE EXISTÊNCIA, O CONSÓRCIO DE SERVIÇOS REGISTRA UMA AMPLA VARIEDADE DE APLICAÇÕES.

RECENTE LEVANTAMENTO, FEITO PELA ASSESSORIA ECONÔMICA DA ABAC,  MOSTROU QUE O PARTICIPANTE CONTEMPLADO ESTÁ INOVANDO E AMPLIANDO O USO DO SEU CRÉDITO.

VEJA RESUMO NO QUADRO A SEGUIR.

Fonte: Abac (12/13)
Compartilhe

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>