Sistema de Consórcios em julho: dados econômicos

Na contramão do ritmo da economia, o Sistema de Consórcios registrou novas altas no mês de julho. O número de participantes ativos consolidado no período atingiu 7,15 milhões, 4,4% mais que os 6,85 milhões registrados no mesmo mês do ano passado. E as vendas de novas cotas do Sistema cresceram 5,4% no acumulado de janeiro a julho, ao totalizarem 1,36 milhão contra 1,29 milhão no mesmo período de 2014.

Os consórcios de imóveis e de veículos leves continuam como grandes destaques do Sistema no início do segundo semestre. De janeiro a julho, as vendas de novas cotas de imóveis somaram mais 50% do total de adesões ao mecanismo e as de veículos leves ultrapassaram 17%. Estendendo os números para cinco anos, o total de participantes em veículos leves aumentou 116,7% e o de imóveis 15,5%. Veja nos gráficos:

imagem 01

imagem 02

Confira a seguir um resumo do desempenho de cada setor no mês de julho, com base em estimativas da Assessoria Econômica da ABAC. Os dados comparativos fazem referência ao período entre os meses de janeiro a junho de 2014:

Consórcio de veículos leves: nos sete primeiros meses deste ano, o setor que reúne automóveis, camionetas e utilitários registrou um crescimento de 13% no total de participantes ativos consolidados. Outros indicadores do setor (novas adesões e vendas de novas cotas) também apontaram alta. E os destaques foram o aumento de 18,5%, no número de contemplações, e de 18,9% em créditos disponibilizados. É importante destacar que, registrando um potencial de participação de 24,2% nas vendas do mercado interno, o setor de veículos leves disponibilizou créditos superiores a R$ 12 bilhões para os diversos elos da cadeia produtiva do segmento automobilístico.

Consórcio de imóveis: ao superar 50% de alta nas novas adesões e quase 53% nos créditos comercializados entre janeiro e julho de 2015, o setor de imóveis atingiu 783,5 mil participantes ativos consolidados em julho desse ano, um número 2,5% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado. Paralelamente, o tíquete médio, as contemplações e os créditos disponibilizados aumentaram 1,8%, 1,2% e 5,7%, respectivamente, em comparação ao mesmo período do ano passado.

Consórcio de motocicletas e motonetas: segundo maior em número de participantes ativos consolidados do Sistema de Consórcios, o setor fechou os sete primeiros meses de 2015 com alta de 2,6% no total de contemplações. O volume acumulado indicou 61,2% de potencial para participação da modalidade nas vendas do mercado interno em julho. O volume de créditos disponibilizados também apresentou alta, registrando crescimento de 13,1%. Já o número de participantes ativos consolidados e as novas adesões registraram retrações em 3% e 9%.

Consórcio de veículos pesados: reunindo veículos pesados de transporte rodoviário de carga e de passageiros, além do agronegócio, o setor manteve o ritmo de alta no volume de participantes ativos consolidados com 3,5%. O acumulado de novas adesões, créditos comercializados e tíquete médio também cresceram, com 11%, 13,5% e 1,9% respectivamente. E o número de contemplações e o volume de créditos disponibilizados apresentaram queda de 6,1% e 4,1%.

Consórcio de eletroeletrônicos e outros bens duráveis: devido às atuais instabilidades econômicas, o setor tem passado por constantes retrações em seus diversos indicadores, como é possível observar nos acumulados de vendas de novas cotas, com queda de 14,1%, e de contemplações, com baixa de 19,7%. Os volumes de participantes ativos consolidados, créditos comercializados e disponibilizados também apontaram reduções de 20,2%, 11,9% e de 11,5 %, respectivamente. Contudo, a estabilidade do tíquete médio aponta apenas que as adesões têm mantido o valor dos créditos próximo aos R$ 5 mil.

Consórcio de serviços: três indicadores desse setor demonstraram crescimento nos sete primeiros meses de 2014: participantes ativos consolidados (35,7%), contemplações (39,6%) e créditos disponibilizados (34,5%). Já nas vendas de novas cotas, o volume de créditos comercializados e o tíquete médio mostraram retração de 16,2%, 20,1% e 1,7%, respectivamente.

Sistema de Consórcios em geral

Confira, a seguir, os números gerais do Sistema de Consórcios entre os meses de janeiro e julho de 2015, em relação ao mesmo período do ano passado:

Participantes ativos consolidados (em grupos em andamento)

– 7,15 milhões (julho/2015)

Crescimento: 4,4%

Vendas de novas cotas (novos consorciados)

– 1,36 milhão (janeiro-julho/2015)

Crescimento: 5,4%

Volume de créditos comercializados

– R$ 50,47 bilhões (janeiro-julho/2015)

Crescimento: 21,1%

Tíquete médio geral (valor médio da cota no mês)

– R$ 39,1 mil (julho/2015)

Crescimento: 21,1%

Contemplações (consorciados que tiveram a oportunidade de comprar bens)

– 830,4 mil (janeiro-julho/2015)

Crescimento: 7,5%

Volume de créditos disponibilizados

– R$ 23,83 bilhões (janeiro-julho/2015)

Crescimento: 12,3%

 

FONTE: ABAC http://blog.abac.org.br/drops-de-mercado/sistema-de-consorcios-em-julho-dados-economicos#ancora

Compartilhe

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>