Arquivos mensais: outubro 2016

Dicas para ter uma horta vertical em casa

hsbloghorta

Manter uma horta em casa, seja no pátio, na área ou na sacada, é uma excelente maneira de economizar na compra de vegetais e trazer opções mais saudáveis para as refeições (como o uso de temperos naturais). Para ajudar nesse sentido, trouxemos umas dicas de como você pode criar e manter uma pequena horta vertical em sua residência, independente do tamanho dela :)

1. O primeiro passo a ser tomado é identificar qual área do apartamento/casa poderá receber a horta. Recomenda-se locais com acesso a luz e boa ventilação;

 2. O próximo item da lista é separar ferramentas para instalação dos painéis/estantes onde serão colocadas as plantas. De um modo geral, você precisará de: lápis, chave de fenda, buchas e parafusos, trena, furadeira, braçadeiras ou ganchos metálicos e, claro, vasos. Além de vasos, você também pode usar garrafas pet ou qualquer outro vasilhame que possa ser suspenso.

3. Na hora de definir o que plantar surgem muitas opções, mas dentre as mais comuns recomendamos: coentro, salsinha, sálvia, cebolinha, alface, pimentão, tomate-cereja, rúcula, orégano, manjericão, hortelã, tomilho, couve-folha, alecrim, calêndula e capuchinho;

4. Por fim, adquira os materiais e mudas para a sua horta. Procure sempre utilizar itens orgânicos e se informe sobre detalhes como necessidade de água, iluminação, ventilação e outros cuidados específicos das plantas que você escolheu cultivar.

Sem muito esforço você consegue criar uma bela horta em sua residência. Para você que sonha em comprar uma casa nova e torná-la mais verde, faça uma simulação em nosso site e adquira já seu novo imóvel via consórcio: www.hsconsorcios.com.br/simulador.

5 Dicas do cotidiano para economizar em casa

hsdicascotidiano

1. Água

Seja por fins econômicos ou ambientais, a economia de água é muito importante. Existem várias maneiras de reduzir esse consumo dentro de casa. Algumas das mais comuns incluem: tomar banhos breves, ensaboar a louça com a torneira desligada (ou adquirir uma máquina de lavar louça, que costuma ser mais econômica) e lavar roupas apenas quando a máquina estiver realmente cheia, evitando usos desnecessários. Desligar a torneira enquanto escova os dentes também é uma ótima opção.

2. Energia elétrica

Similar à água, a energia elétrica pode ser economizada de diferentes formas. Seja desligando as luzes quando você sair de um ambiente, pensando no que vai pegar antes de abrir a geladeira ou ligando o ar-condicionado apenas nos dias mais extremos, o que vale é estar sempre atento ao consumo de energia.

3. Crie sua horta

Esta é mais direcionada às pessoas que têm um espaço de sobra no quintal: já pensou em investir em uma horta feita por você mesmo? O lixo orgânico (resto de frutas, vegetais, etc.) pode servir de adubo e, de quebra, você ganhará uma horta livre de agrotóxicos. Para quem mora em casas ainda maiores também há a opção de plantar árvores frutíferas. Desse jeito, você também risca alguns itens da sua lista de compras do supermercado: afinal, algumas coisas você já vai ter ali no seu gramado mesmo. ;)

4. Compras

Ok, o supermercado pode ser a opção mais conveniente, mas também é a mais cara. Procure comprar em mercadinhos, feiras, açougues e padarias locais que, além de incentivar o comércio local, pode ajudar a sua carteira. Por fim, sempre faça uma lista antes de ir às compras, para evitar aquisições desnecessárias.

5. Faxina

Fazer a própria faxina é outra forma efetiva de reduzir os gastos fixos em casa. Melhor, depois de adotar esse hábito você passará a ter mais cuidado na hora de sujar/bagunçar algum cômodo da casa.

6. Alimentação

O último item da nossa lista é um dos que mais gera economia: comida! Sim, tele-entrega e comer fora é algo realmente prático, afinal, quem não tem preguiça de cozinhar depois de passar o dia inteiro trabalhando? Mas quando o custo vai para a ponta do lápis no final do mês… a conta fica bem cara. Cozinhar em casa é uma boa alternativa nesse sentido, e você ainda ganha pontos por poder cozinhar refeições mais saudáveis. Que tal aproveitar e cozinhar a mais para levar comida para o trabalho e economizar no almoço também?

Com algumas ações simples, você consegue cortar vários gastos desnecessários do cotidiano. Com essa graninha extra, dá até para pensar em ter a sua casa dos sonhos graças à meia-parcela da HS Consórcios. Faça uma simulação em nosso site: www.hsconsorcios.com.br/simulador.

Escolhendo a moto ideal

preview-full-2016.10.13_blog2

Baratas, práticas e bonitas: motos são um prato cheio para quem quer mais liberdade e comodidade no dia a dia. Contudo, antes de comprar a sua jaqueta da Harley Davidson, é importante saber qual tipo de moto se encaixa melhor no seu life style. Para ajudá-lo nessa pesquisa, separamos aqui cinco tipos de motos para diferentes estilos de vida.

Urban

Quem procura uma moto para uso diário em grandes cidades deve procurar uma Scooter, como a Honda PCX 150 e a Dafra Cityclass 200i. São motos leves, eficientes e econômicas, ideais para quem vive em cidades grandes e para viagens pequenas.

Adventure

Quer desbravar estradas e circular por terrenos mais irregulares? Então priorize motos mais esportivas. Modelos clássicos da Yamaha, Suzuki ou Honda cumprem bem esse objetivo.

Relax

Àqueles que querem moto só para dar uma escapada no final de semana, para ir à praia ou visitar aquele sítio, podem comprar uma moto leve, que não tenha muitas cilindradas. Modelos como a Yamaha XTZ 250 Ténéré e a Honda CRF 150F são ideais para esse tipo de perfil.

Econômico

Com o preço da gasolina subindo muito nos últimos tempos, é natural que muitas pessoas prefiram motos mais econômicas a modelos mais potentes. Nesse caso, a recomendação é a Honda Biz 100 e a Yamaha T115 Crypton, ambas bem boas no quesito litro de gasolina por quilômetro rodado.

Então, já encontrou a moto adequada para você? Faça uma simulação em nosso site e garanta já a sua! http://www.hsconsorcios.com.br/simulador

 

Por que vale a pena fazer o consórcio da sua casa na praia?

preview-full-2016.10.05_blog

É só começar a primavera que já bate aquela vontade de ir pra praia, né? Mas não é só você: milhares de pessoas ao mesmo tempo começam a se mobilizar para alugar casas, reservar hotéis, procurar um cantinho sobrando na casa de um amigo. Já pensou na tranquilidade de ter a sua casa própria na sua praia preferida?

Comprar a sua casa na praia é investir na sua felicidade. Afinal, poder molhar os pés no mar sem a preocupação de encontrar um lugar para dormir é o cenário ideal de férias. A HS Consórcios pode ajudar esse sonho a se realizar. Fazer o consórcio da sua casa na praia é muito mais fácil e vantajoso do que você imagina. Quer ver?

 

1. Você paga parcelas mensais do consórcio de acordo com a sua necessidade e dilui o valor total em vários meses. Você pode fazer a simulação dos valores no nosso simulador online: www.hsconsorcios.com.br/simulador.

2. Diferentemente de uma hospedagem em hotel, o valor pago pelo consórcio volta para você na forma de carta contemplada. Você estará investindo num bem, não gastando sem retorno futuro.

3. Quando você não está aproveitando a sua casa na praia, pode alugar e usar o dinheiro como renda extra.

4. É muito mais vantajoso fazer o consórcio do seu imóvel do que um financiamento, por exemplo, já que ele não possui juros, apenas uma taxa administrativa fixa.

5. Aproveite a facilidade de ter a sua casa própria, com a sua decoração e do seu jeito.

Se você ficou interessado, veja aqui como funciona o consórcio e venha conversar com nossos corretores: www.hsconsorcios.com.br/como-funciona/passo-a-passo.