Arquivos mensais: outubro 2017

18.10.17_Postlink_Blog_2

Como planejar o orçamento diário

18.10.17_Postlink_Blog_2

Cuidar do seu orçamento, acaba não sendo só essencial para conquistar os seus sonhos, mas é fundamental para ter uma vida a organizada a longo prazo, sem ter surpresas desagradáveis e cair em problemas financeiros.

O jeito mais fácil e comum de se organizar financeiramente é ter um cuidado maior com o orçamento mensal. Você pode optar por definir o quanto quer gastar em cada categoria durante o mês: alimentação, saúde, supérfluos de acordo com o seu estilo de vida. Isso auxilia para que a sua atenção seja maior com gastos desnecessários, fazendo com que você tenha maior cuidado onde vai gastar e economizar em cada categoria.

Uma das principais formas para conseguir fazer esse controle, é anotando, guardando recebidos, boletos e colocando o quanto foi gasto em cada uma destas categorias. É um pouco trabalhoso, mas acaba sendo satisfatório, quando você começa a perceber os seus gastos e observa onde pode mudar para bater suas próprias metas financeiras. Procure organizar seus gastos por datas, sendo assim a direção para onde o seu dinheiro está indo será muito maior.

Procure diferenciar em seus gastos, o que realmente você precisa gastar em um dia e o que é apenas um supérfluo, que muda completamente suas finanças ao final do mês.

Pesquise lugares que podem sair mais em conta, por exemplo o almoço, gastos que você pode controlar.

Para tudo isso dar certo, você também precisa definir o quanto quer gastar por mês nas categorias que escolheu, dessa forma você poderá controlar se está executando da melhor forma ou se ainda tem o que mudar para reverter a sua situação financeira no decorrer do mês.

Tudo isso facilitará ao longo do tempo para quem quer reduzir os gastos e economizar seu orçamento para fazer uma viagem diferente no final do ano, trocar o carro, comprar a tão sonhada casa própria.

2017.10.04_HS_Card_blog1

Consórcio e juros: como funciona?

Uma das primeiras dúvidas ao fazer um consórcio é a questão dos juros. Assim como todo investimento, você pode estar pensando que também vai ter que pagar juros altíssimos após ser contemplado.

Nesse caso, a história muda ao fazer um consórcio. Não é brincadeira quando dizem que não existe juros. O consórcio, se tratando de um autofinanciamento, se resume basicamente na união de pessoas que se juntam para a compra de serviços ou bens, e é construído com recursos dos participantes do grupo, que contribuem mensalmente com o pagamento das parcelas. Os consorciados irão pagar apenas uma taxa administrativa, que é cobrada pela administradora de consórcios para controlar o grupo e liberar as cartas de créditos contempladas. Independente do período que o cliente fizer  seu consórcio, pagará a mesma taxa de administração, diferente de um taxa de juros que é pago mensalmente.

Dessa forma, como não existe um empréstimo bancário, todo o dinheiro arrecadado vem das contribuições dos participantes do grupo, não havendo assim nenhuma cobrança de juros.

Tem dúvidas ainda de como funciona a questão dos juros, taxas de consórcio. Fale com um corretor da HS Consórcios e aproveite para fazer uma simulação online: https://www.hsconsorcios.com.br/simulador2017.10.04_HS_Card_blog1