Arquivos mensais: janeiro 2019

capa-lauda-21-12

Defina suas prioridades financeiras para 2019

Para buscar prosperidade e especialmente tranquilidade financeira, é preciso planejar. Primeiro porque gastos desenfreados não vão te levar a lugar algum, segundo porque nem sempre a gente sabe se está indo para o lado certo, não é mesmo?

Fazer o planejamento da sua renda ou da sua família é o primeiro passo para colocar em prática aquelas promessas que você faz pulando ondas. Mas a pergunta que você deve estar se fazendo é: Por onde eu começo? Pode ficar tranquilo que a gente te ajuda. Separamos dicas primordiais para quem quer sair do lugar comum e dar o pontapé inicial na realização dos seus sonhos.

1. Estabeleça as suas prioridades

Para realizar seus objetivos, certamente algumas concessões terão que ser feitas. Passe a anotar todos os seus gastos para identificar para onde o dinheiro está indo. Planejar significa estabelecer objetivos claros, pois somente desta forma você vai conseguir deixar de gastar com aquilo que não é necessário. Após identificar supérfluos, você pode distinguir aqueles gastos que são mensais, mas que podem gerar economia. Despesas como combustível, alimentação, contas de água e energia sempre podem ser revistas. Faça escolhas conscientes, que estejam alinhadas com os seus objetivos. Sem dúvidas fazendo este exercício pessoal que é organizar as contas, boa parte do processo já estará encaminhado.

2. Defina seus objetivos financeiros

Definir os seus objetivos financeiros permite objetificar seus sonhos em valores monetários, desta forma é possível avaliar de que forma você vai alcançar. Após a organização das suas finanças é possível identificar de quanto dinheiro você dispõe por mês para investir e quanto vai faltar para atingir o seu objetivo.

3. Controle as dívidas

Existem dívidas boas e dívidas ruins. Nas boas se enquadram o consórcio da sua casa ou carro, por exemplo, e existem dívidas ruins como o parcelamento de um cartão de crédito, que é fruto de um planejamento financeiro errado ou da falta dele. Na hora de escolher de qual dívida ruim você deve se livrar o mais rápido possível, dê preferência para aquelas que possuem juros mais altos. Se o cartão de crédito é um problema na sua vida, livre-se dele ou estabeleça algumas regras para usá-lo sem perder o controle.

4. Crie o hábito de economizar

Economizar dinheiro e criar uma reserva financeira, é uma dica que deve ser levada para a vida. Além de honrar com os compromissos financeiros todos os meses, para economizar dinheiro é preciso ter disciplina. Se você ganha R$5.000 por mês e vive em um padrão de vida de R$5.000 nunca vai conseguir economizar ou investir o seu dinheiro. Neste momento é preciso definir o que é mais importante na sua vida: Realizar o sonho da casa própria ou ir para o barzinho duas vezes na semana? Acostume-se a viver com menos, isso não limita o seu padrão de vida, apenas estabelece prioridades. Defina metas e foque no planejamento das suas contas. Converse consigo mesmo pensando, “será que eu preciso mesmo disso?”, “ao invés de ir comer em um restaurante, não seria melhor fazer a refeição em casa?”

5. Planeje seu futuro

Há muitas opções para investir e pensar no futuro, na aposentadoria faz parte do equilíbrio financeiro. Além de cuidar das finanças diárias, planejar o futuro envolve pensar a longo prazo. Invista todo o dinheiro extra que ganhar ou cada sobra do seu salário. Investir em cartas de crédito para imóvel, por exemplo, pode ser uma alternativa de renda extra no futuro, afinal você pode investir no ramo imobiliário.

6. Tenha persistência

Não existe sentimento melhor que o de dever cumprido! E para que você tenha esse sentimento quantas vezes desejar, crie mecanismos que te ajudem a manter o foco. Se o seu cartão de crédito é um problema na sua vida, livre-se dele! Apenas planejar não muda a sua vida, mas sim a forma como você coloca em prática.

  • Mantenha-se motivado! Nem sempre as coisas vão acontecer no tempo que você espera, mas elas vão acontecer. Tenha paciência.

  • Seja flexível: sem em algum momento você gastou mais do que deveria, compense no próximo mês. O mais importante é não deixar que o deslize vire um hábito.

  • Crie metas reais! Se você se propôs a realizar mudanças para realizar os seus sonhos, tenha sempre os pés no chão com aquilo que você consegue realizar dentro de suas possibilidades.

  • Confie em si mesmo! Reflita sempre sobre os seus sonhos e a forma como você os idealizou. Acreditar em si mesmo e pensar sempre positivo é muito importante para não desistir dos seus sonhos.

 Gostou das dicas? Compartilhe com os seus amigos!

Quer começar a investir agora mesmo? Faça uma simulação com a HS Consórcios acessando o site http://hsconsorcios.com.br

HS_lauda_07-01

Confira nossas dicas para economizar nas férias

Tirar férias é bom demais e se for pra fazer uma viagem legal, mais ainda. Porém, se além de viajar você também tem outros objetivos a cumprir e precisa economizar, separamos algumas dicas para te ajudar nessa tarefa. Mais fácil do que você imagina, é possível ser econômico antes da viagem e até mesmo durante.

HS_info_07-01

Defina um teto de gastos

Caso não seja o seu melhor momento financeiro, o  mais importante é ter o pé no chão para não ir além do que deve. Ainda que muitas empresas ofereçam pacotes de viagem e passagens com opção de parcelamento em até 12 vezes, colocar todos as contas na ponta do lápis é importante para não se arrepender mais tarde. Escolha uma viagem de acordo com sua condição, seja ela dentro do seu estado, fora ou em outro país. Os preços variam muito e nem sempre o mais perto é mais barato. Pesquise muito e se precisar de ajuda converse com um vendedor de pacotes de viagem para conhecer todas as possibilidades.

Considere todos os custos

Além dos custos de hospedagem, transporte  e alimentação, é importante considerar também os custos de ingressos nos locais que deseja visitar e possíveis compras. Deixe o cartão de crédito apenas para emergências e prefira levar dinheiro em espécie, já que é mais fácil de controlar.

Evite a alta temporada

Que viajar é uma das melhores coisas da vida, ninguém tem dúvidas, mas nem sempre o bolso está preparado para tantos gastos. Por isso, viajar fora da alta temporada é uma excelente maneira de economizar, já que nesta época os preços costumam subir de maneira exponencial.

Além dos melhores preços, viajar em baixas temporadas também é a melhor escolha para quem não gosta de locais muito lotados, pois os pontos turísticos costumam ficar mais tranquilos e dá pra aproveitar melhor. O período de março a maio e setembro a novembro são considerados baixa temporada e se possível, programe suas férias para estes meses.

Busque atividades gratuitas

Muitos lugares incríveis oferecem entrada ou atividades gratuitas. É claro que você não vai deixar de conhecer aquele lugar que sempre sonhou por ter de pagar para entrar, mas é possível equilibrar as finanças durante a viagem com locais pagos e gratuitos. Para quem gosta de atividades ao ar livre, os parques, jardins botânicos e até alguns museus, podem ter entrada gratuita.

Aproveite milhas e descontos

Alguns cartões de crédito ou as próprias companhias aéreas oferecem programas de milhas e descontos. Dependendo da sua forma de consumo, ao longo de um ou dois anos já é possível ter milhas suficientes para fazer algumas viagens. É claro que para valer a pena, além de escolher bem a operadora do cartão você precisa avaliar o custo de anuidade do cartão, que em alguns casos pode ser até negociada com o banco.

Caso você já faz parte de um programa de milhas, fique atento as promoções que acontecem ao longo do ano para transferência de milhas para programas de fidelidade. Aproveitando essa vantagem, os pontos chegam a duplicar. De qualquer forma, na hora de usar os pontos, procure por promoções e verifique se você tem pontos suficientes para o seu destino. Fazer as transações com antecedência também vão te ajudar a economizar.

Confira a diferença entre alugar uma casa, apartamento ou ficar em um hotel

Anote todas as opções para ver qual pode ser mais vantajosa. O valor final pode variar de acordo com o local de viagem da sua escolha. Se o hotel oferece uma ou mais refeições, calcule se compensa o valor que você vai gastar em comida alugando uma casa ou apartamento. Apesar do aluguel ser mais barato em muitos casos, vários fatores como a localização, por exemplo, podem afetar o orçamento final.

Acompanhe os preços de passagens aéreas com antecedência

Quando se trata de economizar, comprar com antecedência é garantia de bons preços. Ao pesquisar passagens aéreas, além da antecedência, pesquise datas e horários diferentes em sites de busca, pois isso pode fazer muita diferença. Adiantar ou atrasar um dia da viagem pode ser o suficiente para economizar o dinheiro das suas refeições, por exemplo. A terça-feira costuma ser o dia mais barato para viajar de avião e fique atento ao horário. Prefira viajar em horários mais improváveis como a noite ou madrugada. Para viagens nacionais o ideal é comprar com 3 meses de antecedência, já para viagens internacionais recomenda-se programar a compra pelo menos 6 meses antes.

 

E aí, gostou das dicas? Compartilhe com seus amigos, assim sobra mais dinheiro para realizar todos os sonhos em 2019 ;)