Arquivos mensais: setembro 2019

HS_lauda_18-09

Dicas para manter a casa segura para os seus pets

Se você foi contemplado pelo consórcio ou está aguardando este momento, a construção, reforma ou compra da casa própria é um passo muito importante que vem com diversas escolhas para o seu lar. Caso você já tenha ou pretende ter um pet em casa, saiba que é muito importante ter certos cuidados ao adaptar os ambientes para o seu amigo, já que eles estão cada dia mais presentes em nossas casas e em nossas vidas. Os bichinhos que costumam ser curiosos e muito ativos precisam ter uma atenção especial no ambiente onde vivem a fim de evitar acidentes. Se você está construindo a sua casa ou adaptando a que você já tem, confira as nossas dicas para manter os seus amigos em segurança.

Especialmente para quem está pensando em ter um pet em apartamento, as telas de proteção são indispensáveis para a segurança deles além de evitar que eles fujam. Os gatos costumam pular em móveis e janelas devido os seus instintos de caça e até por medo de barulhos e movimentos bruscos. A tela é uma solução barata que pode evitar diversos transtornos.

Os fios dos eletrodomésticos e eletrônicos podem ser um convite para brincadeiras perigosas e por isso precisam ficar escondidos. Cães e gatos filhotes gostam de morder tudo o que veem pela frente e correm o risco de sofrer um choque elétrico, causando até a morte dependendo da corrente descarregada. Outro risco com os fios é o de sufocamento: seu animal de estimação pode se enrolar e acabar ficando sem ar por causa dos fios. Para prevenir esses acidentes, mantenha os fios sempre no alto, e caso seja necessário use canaletas para deixá-los organizados e fora do alcance do seu pet.

As plantas são lindos itens decorativos dentro e fora de casa, mas requerem atenção aos tipos que não vão agredir a saúde do seu animalzinho. Se você tem um pátio, sem dúvidas o seu pet se brinca muito nesse espaço. Mas, é preciso prestar atenção a alguns tipos de plantas tóxicas que podem estar ao alcance dele. Comigo-ninguém-pode, copo-de-leite, bico-de-papagaio, espada-de-são jorge, azaleias e plantas com espinhos devem se evitadas em ambientes com a presença de animais.

Produtos de limpeza perfumados são ótimos para a higienização da casa,  porém, se você tem um animal de estimação, é preciso lembrar que estes produtos são tóxicos até mesmo para humanos em caso de ingestão. Fique atento ao uso de desinfetantes, inseticidas além de produtos à base de pinho e hipoclorito de sódio. Usar em quantidades pequenas e manter armazenados longe do acesso dos animais, é um item indispensável para a segurança deles.

Apesar de ser na maioria dos casos o cômodo mais usado na casa, a cozinha esconde inúmeros perigos para pets e crianças. O risco de acidentes com fogo, água e objetos cortantes são uma combinação muito perigosa. Caso não seja possível mantê-lo longe, fique atento ao local que você guarda os objetos e evite deixar panelas no fogão se não estiver junto ao local, afinal utensílios quebrados e panelas quentes são de extrema periculosidade para a saúde do seu amigo.

HS_lauda_09-09

Evite o desperdício doméstico e economize dinheiro para realizar seus objetivos

Reduzir as contas do lar é um passo importante para quem deseja fazer um planejamento financeiro com o objetivo de realizar a compra de uma casa, carro ou fazer um investimento para o futuro. Afinal, o dinheiro que é desperdiçado nas contas de luz, água e supermercado poderia estar gerando uma renda para a realização de um objetivo maior já que pequenos gestos ao longo do mês podem se tornar significativos nas contas da casa. Confira as nossas dicas e compartilhe com os amigos e familiares.

 

1.Controle o tempo de banho

Se o seu chuveiro é elétrico, fique sabendo que além do gasto da água, ele pode ser um dos principais responsáveis pelo gasto energético da casa. Evite deixar o chuveiro aberto enquanto passa sabonete ou lava o cabelo.

2. Deixe a torneira fechada enquanto lava a louça

Com a louça a economia pode começar antes mesmo de abrir a torneira. Tirar ao máximo os restos de comida e sujeira dos pratos com um papel toalha ajuda na hora de lavá-la. A torneira deve ficar fechada enquanto você ensaboa a louça. A torneira aberta desperdiça mais de 110 litros em 15 minutos, por isso fique atento ao processo.

3. Reaproveitamento de água

A água da máquina de lavar pode ser reaproveitada para limpeza no pátio de casa e outras atividades externas que não necessitem do uso de água potável. Desta forma você faz 100% de reuso do líquido mais precioso que temos!

4. Desperdício de alimentos

Estar atento aos alimentos que ainda tem na despensa e na geladeira evita a compra de alimentos em excesso, especialmente daqueles que são perecíveis. Reaproveitar alimentos que foram preparados no dia anterior em novas receitas também são uma forma de economizar de forma consciente não apenas com o bolso, mas também com a situação atual do do planeta.

5. As lâmpadas de casa devem ser de LED

As lâmpadas de LED são muito mais econômicas que as incandescentes ou amarelas e até mesmo que as fluorescentes. Além disso, apesar do seu valor mais alto, elas compensam o investimento devido a sua durabilidade que compensa na relação custo x benefício.

6. Tire os aparelhos da tomada

Além da economia, tirar os aparelhos da tomada também gera mais segurança em caso de curtos circuitos e temporais. Além disso, alguns eletrônicos possuem corrente elétrica mesmo que desligados e por isso tem um gasto constante.

7. Vai lavar roupa? Nível máximo sempre!

Acumular roupa com o objetivo de fazer lavagens completas na máquina de lavar é sempre a melhor opção no quesito economia de água e eletricidade.

8. Evite deixar muitas luzes acesas

Espaços da casa que não estão em uso devem permanecer com as luzes apagadas. Investir em janelas e pintar as paredes de cores claras também ajudam a aproveitar melhor a luz natural. São pequenos hábitos que somam cifras no final do mês.

9. Não deixe os aparelhos em stand by

Os aparelhos eletrônicos em sua maioria possuem luzes de “stand by” que ficam acesas indicando que o aparelho está ligado em modo de “espera”. Mesmo que pequenas, essas luzes presentes em aparelhos como da TV, por exemplo, consomem energia e podem ir somando uns aos outros dependendo dos aparelhos que você possui na sua casa.

10. Instale um sistema de energia solar

A energia gerada pelo sistema solar é de 20% a 30% mais econômica que a comprada em baixa tensão do sistema elétrico. O custo é alto, mas compensa muito o investimento a longo prazo.