Arquivos mensais: abril 2020

HS_lauda_29-04

Consórcio como investimento: saiba porque você deve considerar essa opção

Conquistar a casa própria é o sonho de muitos, seja para sair do aluguel ou para fazer um investimento. E, sim! Consórcio é investimento. Entre todas as vantagens que ele oferece como ausência de juros, de taxa de adesão, entre outros, com ele você ainda tem a possibilidade de ganhar dinheiro.

O consórcio é uma excelente opção para quem faz planejamento financeiro e deseja fazer um investimento seguro. Além disso, muitas pessoas têm dificuldade em guardar dinheiro e o consórcio pode ser visto como uma poupança forçada, porém com mais vantagens.

1- Sem entrada

A HS Consórcios oferece a possibilidade de investir sem precisar desembolsar um valor de entrada. Mensalmente você paga a parcela + taxa administrativa que é a remuneração da Administradora pela formação, organização e administração do grupo de consórcio + o fundo de reserva que é a garantia da saúde financeira do Grupo. Essa reserva é um percentual pago na parcela e que irá servir para cobertura de eventual insuficiência de receita às assembleias de contemplação; para uma reserva financeira caso ocorra um nível de inadimplência no Grupo; para cobertura da devolução aos desistentes; para pagamento de débito do consorciado inadimplente, após esgotados todos os meios de cobrança.

2- Sem juros

Entre as principais vantagens do consórcio está a ausência de juros, sendo que  a soma da taxa administrativa e do fundo de reserva é inferior ao pagamento de juros dos financiamentos bancários em seu prazo total. Por este motivo, o consórcio destaca-se como um investimento de longo prazo. Isso significa que, a comparação do consórcio com outras formas de pagamento a prazo, indica que o valor que será pago ao final do plano será mais baixo.

3- Poder de compra

A carta de crédito contemplada possibilita ao consorciado poder na hora de decidir a compra, já que ele pode negociar a compra do bem à vista.

4- Liberdade de escolha do bem dentro do segmento escolhido

Com o consórcio de imóveis você pode comprar casa, terreno ou fazer uma reforma, de acordo com a sua necessidade. A partir da sua escolha, a compra de uma casa ou apartamento possibilita mais de uma opção de investimento.

Você pode obter renda através de aluguel ou da revenda desses imóveis. Com o aluguel é possível complementar a sua renda, pagar as parcelas de um novo consórcio e pode ainda guardar dinheiro para ofertar lances, ou quitar um consórcio já contemplado.

5- Atualização do valor do consórcio

Quando a cota é contemplada, a administradora transfere o valor do crédito contemplado para uma aplicação automática que rende sobre a poupança, em média 0,52% ao mês. Assim o consorciado receberá a aplicação sobre o valor contemplado e não sobre o valor investido, recebendo o valor do crédito corrigido. O investimento mensal é muito mais baixo em relação ao valor do crédito aplicado, e receberá muito mais rentabilidade do que estar investindo em qualquer outra aplicação de renda fixa.

6- Possibilidade de venda de carta contemplada

Você sabia que é possível realizar a venda da sua carta contemplada? Esta é uma possibilidade legal, prevista no artigo 13 da lei 11.795/2008, “Os direitos e obrigações decorrentes do contrato de participação em grupo de consórcio, por adesão, poderão ser transferidos a terceiros, mediante prévia anuência da administradora”. Assim, desde que as obrigações financeiras do consorciado estejam em dia com a administradora, ou seja, a mensalidade e demais obrigações previstas em contrato, é possível passar a carta a terceiros, sabendo também que as obrigações financeiras restantes previstas em contrato serão de responsabilidade do novo consorciado.

O valor de venda do consórcio varia se sua cota já foi contemplada ou não, considerando os reajustes realizados na carta de crédito, sendo o valor pago, mais o ágio, que se trata do lucro que você vai ter sob a operação financeira. De qualquer forma, seu corretor vai esclarecer as dúvidas e realizar a venda com tranquilidade e segurança.

Gostou das dicas? Acesse o nosso site e encontre um corretor autorizado perto de você.

HS_lauda_14-04

Comprar bem de menor valor que o consórcio: saiba como funciona

Muitas dúvidas podem surgir na hora de fazer um consórcio, a melhor opção do segmento financeiro para você conquistar os seus bens! Mas fique tranquilo, por aqui a gente ajuda a esclarecer todas elas. Uma das mais frequentes, é, sem dúvidas, se é possível comprar um bem de menor valor que a sua carta de crédito e a gente já adianta: sim, é possível.

Vamos voltar um pouco. Primeiramente, você sabe o que é o consórcio? O consórcio nada mais é que uma espécie de financiamento coletivo, ou seja, um grupo de pessoas paga uma mensalidade por um determinado período, com o objetivo de adquirir um bem ou serviço. Esta modalidade é gerida por uma administradora de consórcios, que deve ser reconhecida pelo BCB – Banco Central do Brasil, atestando um trabalho sério e idôneo.

Nesse sistema, o valor do bem ou serviço é diluído em um prazo predeterminado, e todos os integrantes do grupo contribuem ao longo desse período de forma mensal ou conforme estipulado em contrato. A HS Consórcios contempla, através de sorteio e lance, com o crédito no valor do bem ou do serviço contratado, até que todos sejam atendidos.

Agora que você já entendeu essa parte, seguimos para a próxima. Digamos que você tenha escolhido uma carta de crédito para compra de imóvel no valor de R$150 mil reais. Depois de pagar 5 parcelas seu consórcio foi contemplado, mas ao invés de adquirir um imóvel no valor integral da sua carta, você resolve comprar um terreno de menor valor, como R$120 mil, por exemplo. O que acontece com o saldo de R$30 mil? Será que eu vou perder esse dinheiro? Uma coisa nós garantimos, com o consórcio você não perde dinheiro de forma alguma!

 

O bem de sua escolha, desde que esteja dentro do segmento contratado (veículo ou imóvel), poderá sim ser de menor valor, sem problemas. O valor do crédito que não for utilizado na compra do bem, pode ser usado para abater o saldo devedor nas parcelas a vencer, na ordem inversa do plano. Caso a carta de crédito já tenha sido quitada poderá solicitar o valor em espécie em um prazo de 180 dias após a contemplação. Em caso de carta de crédito para aquisição de imóvel ou veículo, você pode ainda usar 10% do valor do crédito para o pagamento de taxas e despesas com a documentação.

Gostou de mais esta possibilidade do consórcio? Acesse o nosso site faça uma simulação e conheça a melhor forma de adquirir os seus bens, sem pagar juros, sem taxas de adesão e com a possibilidade de pagamento de metade da parcela até a contemplação, uma exclusividade da HS Consórcios.