Arquivos da categoria: NOTÍCIAS

2017.08.02_HS_Crono_Agosto_Blog_Casa

Confira as oportunidades de casa na praia com a HS Consórcios

2017.08.02_HS_Crono_Agosto_Blog_Casa

Chega um período do ano que não tem como evitar, a vontade de ir pra praia começa a se manifestar e aquele sonho antigo de criança volta a tona. Sempre é aquela correria no final do ano, casa de amigo, parente, alugar ou ficar em um hotel. Já pensou em adquirir a sua casa própria na praia?

Além das diversas vantagens de realizar essa conquista que é ter a sua casa na praia com tranquilidade, a HS Consórcios vai te mostrar que é muito mais simples do que você imagina:

As parcelas continuam sendo mensais e de acordo com a sua necessidade e o valor diminui em vários meses. Comece fazendo uma simulação dos valores online: www.hsconsorcios.com.br/simulador.

Fazendo um consórcio, além de conquistar um bem, você também tem um investimento a longo prazo, afinal, o valor pago volta em forma de carta contemplada.

Já pensou que quando você não estiver usufruindo da sua casa, pode alugar e conquistar um dinheiro extra?

O benefício do consórcio é muito maior do que um financiamento, pois ele não possui juros, apenas um taxa administrativa fixa.

Aproveite esse verão conquistando a sua casa própria! Tem dúvidas? Entre em contato com a gente e venha conversar com nossos corretores: https://www.hsconsorcios.com.br/como-funciona/passo-a-passo

 

blog

Por que investir em consórcios depois dos 60 anos?


blog

Graças ao conjunto de alimentação saudável, prática de atividade física e suporte da medicina, uma pessoa de 60 anos tem um amplo horizonte de planos e conquistas pela frente, algo que era impensável há 20 anos. Hoje a expectativa de vida no Brasil é de mais de 75 anos, com tendência de crescimento em todas as regiões do país.

Se o cenário de qualidade de vida e expectativa de vida mudou, a forma de investir deve mudar também. Não se pode pensar na administração (e ampliação) dos bem conquistados ao longo de toda uma vida de trabalho como antigamente.

Existe mares novos a serem navegados. E o consórcio aparece com uma nova possibilidade de ampliar as suas conquistas. Mas isso deve ser feito com cuidado, nunca colocando em risco o seu patrimônio: sem financiamentos, comprometimento de bens, taxas de difícil compreensão, entre outras surpresas desagradáveis que não estamos mais dispostos a enfrentar.

Sem deixar de falar na sensação de prazer e bem estar, tanto no curto, como no longo prazo. Porque não uma casa na praia? Ou tirar da planta à ideia de uma casa nova, desenhada do jeito que você sempre sonhou. As possibilidades são muitas, basta-se permitir, e claro, nunca abrir mão de um bom planejamento

E sim! Você pode contar com a HS Consórcios para dar esse próximo passo. Conte com os nosso consultores para entender um pouco mais, tirar suas dúvidas e fazer acontecer. Você também pode iniciar fazendo uma simples simulação de valores e prazos no nosso site. :)

 

card-resultados-1semestre

Resultados do 1º semestre da HS Consórcios

card-resultados-1semestre

O primeiro semestre do ano começou de forma positiva para a HS Consórcios, com crescimento de 35,84% comparado ao mesmo período de 2016. A Herval tem atualmente 46.000 clientes ativos e 42.000 bens entregues na Região Sul e nos estados de São Paulo e Minas Gerais. Com um ritmo crescente, o objetivo é atingir no final do ano um faturamento de 33% superior ao do ano passado, superando o marco histórico de vendas, sendo assim R$ 2 bilhões em cartas de crédito e 37,8% de crescimento em relação a 2015.

O maior diferencial da HS Consórcios é o mix de produtos exclusivos. A meia parcela é um grande exemplo de diferencial, o comprador escolhe em pagar cheia ou a metade num período que for conveniente. A novidade é o consórcio para investidores, com cartas de crédito com valores mais expressivos e com prazos diferenciados que podem chegar até 200 meses.

O presidente do Grupo Herval, Agnelo Seger, acredita que o consórcio é um tipo de investimento que possui um atrativo interessante frente ao crédito bancário, principalmente pelas taxas bem mais altas e incertezas econômicas. “Com as cartas de consórcios é possível realizar uma série de investimentos, não só para compra de veículos, casas, terrenos, reformas, mas também como reforço na aposentaria e na poupança”, explica Seger. Pois, com as vantagens desse produto financeiro e pelo histórico da HS Consórcios, o presidente trabalha com uma meta arrojada: “baseados no faturamento de 2016, queremos chegar em 2020 com um crescimento em torno de 150%”.

Primeiro apartamento e planejamento familiar

2017.06.30_HS_Crono_Julho1_Blog_Planejamento_Familiar

A compra do primeiro imóvel é a primeiro passo para quem está pensando em aumentar a família, porém é necessário relacionar as metas e sonhos do casal a longo prazo. Sendo assim, a melhor forma para se organizar em relação a essa conquista é com o planejamento financeiro.

Separamos algumas dicas e dúvidas mais frequentes nesse período para auxiliar no planejamento dessa decisão:

-  Localização: a primeira dúvida sempre é “onde vou morar?”, casa ou apartamento, além de ser a parte mais importante em relação a qualidade de vida e custo. Se vai ser uma moradia temporária ou duradoura, também é válido o questionamento.

- Renda: Ideal é fazer uma somatória ou divisão dos custos das rendas envolvidas para conseguir um resultado melhor nesse processo. A ajuda do consórcio pode ser ideal nesse momento para tornar possível esse objetivo.

 - Pesquise: Mesmo que a vontade seja urgente, é preciso ser cauteloso e pensar com cuidado nessa etapa. Quanto maior for a pesquisa, maior será a chance de acertar e encontrar o tão sonhado apartamento/casa.

- Reserva: É um ponto importante para estar livre de imprevistos e ser pego de surpresa. É aconselhado guardar 15% da renda bruta do casal para a reserva. É importante, se caso exista dívidas é melhor buscar eliminar todas as parcelas de dívida e então começar a guardar um renda extra.

Para evitar transtornos futuros, comece o quanto antes a se planejar e busque as alternativas que podem facilitar essa conquista, como a HS Consórcios. Faça uma simulação pelo nosso site: https://www.hsconsorcios.com.br/

 

AUMENTO NA VENDA DE CONSÓRCIOS

leva2(1)

O primeiro trimestre deste ano começou com aumento de 4,7% comparado ao mesmo período de janeiro a março do ano passado, de acordo com o levantamento da Associação Brasileira de Administradores de Consórcios (Abac).

Os setores de consórcios que mais cresceram foram o de consórcios de serviços com 86,9% e assim atingiu de 3,05 mil para 5,7 mil em novas cotas. Os consórcios de eletrodomésticos cresceram em 23% nesse mesmo período. Assim como o de veículos que aumentou em 16,1%, o de imóveis teve alta em 12% e o de veículos pesados 8%.

O setor que obteve queda foi o de motocicletas, retrocedeu em comparação com o mesmo período de 2016 em 9,2%, mesmo sendo o setor que possui grande parte das negociações.

Aproveite e avalie suas economias para realizar o sonho de um investimento para o futuro, faça uma simulação agora mesmo no nosso site: https://www.hsconsorcios.com.br/consorcio/simulador

Consórcio de automóveis: quais carros são melhores para o seu bolso?

HS Carros baratos

Em tempos de crise, comprar um carro novo é um sonho possível quando se faz um consórcio. Apesar de ser uma compra planejada, feita a longo prazo, você já deve ter em mente quanto está disposto a gastar e em que modelo pretende investir.

Atualmente, o valor mais em conta dentre as cartas de crédito disponibilizadas pela HS Consórcios é de R$ 34.280,00. Pensando neste valor, separamos uma lista com os melhores modelos automobilísticos que estão nessa faixa de preço – os carros mais baratos no país normalmente apresentam motor 1.0 e não apresentam muitos adicionais de série.

CLIO AUTHENTIC (Renault), por R$ 27.380,00

Hatch de luxo dos anos 2000, este modelo de 2016 é mais simples, seu motor é 1.0 e traz menos adicionais de série. Ainda assim, conta com computador de bordo, vidros verdes, encosto de cabeça no banco traseiro, motor potente (77 cv) e econômico (14 km/L).

PALIO FIRE (Fiat), por R$ 28.360,00

Este modelo de 2016 é um dos mais baratos da Fiat. Apresenta motor Flex 1.0, com potência de 73 cv e média de 12 km/L. O Palio Fire conta com relógio digital, vidros verdes, calotas e conta giros.

UNO VIVACE (Fiat) R$ 29.610,00

O Uno é sempre lembrado quando o assunto é carros baratos. O modelo Vivace, de 2016, tem motor Flex 1.0, 73 cv e conta com relógio digital, vidros verdes, apoio de cabeça no banco traseiro e calotas.

GC2 (Geely), por 29.900,00

O modelo chinês de 2015 é o compacto que oferece o maior número de adicionais de série dentro da faixa de preço. Motor 1.0 de 63 cv, ar condicionado, direção hidráulica, vidros verdes e trava elétrica.

GOL (Volkswagen), por R$ 31.550,00

O Gol é um dos hatchs mais vendidos do Brasil. Este modelo de 2016 conta com motor de 4 cilindros e 72 cv, apoio de cabeça no banco traseiro, calotas e banco do motorista com regulagem de altura.

Qual modelo mais combina com você? Estes são só alguns. Quando você faz um consórcio, independente do valor, você ganha a vantagem do poder de compra, o que facilita a aquisição do seu veículo.

Conheça as vantagens do consórcio, faça a simulação e comece agora a planejar o seu futuro.

 

Consórcio de imóveis já apresenta crescimento em 2017

HS Imoveis

Segundo a ABAC (Associação Brasileira de Administradoras de Consórcio), o ano de 2016 contou com 70 mil contemplações e 225,2 mil novas cotas de consórcios – isso só na categoria de imóveis. Para 2017, a previsão – que era muito positiva – já vem agradando o setor.

Minas Gerais, mercado onde a HS Consórcios investe forte, vem crescendo consideravelmente e apresenta um cenário animador quando se observa o desempenho no mês de janeiro deste ano.

O consórcio é acessível ao bolso do brasileiro, oferece um investimento planejado, sem juros e ainda conta com a oportunidade da meia parcela. Tudo isso transforma a modalidade cada vez mais atraente em tempos onde o orçamento familiar anda cada vez mais apertado.

Com o consórcio, é possível adquirir uma casa, apartamento, terreno ou peça comercial, além de poder usar a carta de crédito para a construção ou reforma. A partir de R$ 273,36 por mês, o consorciado pode realizar o sonho de ter o seu bem. Por essas e outras que o consórcio é a melhor forma de adquirir um bem de forma programada, organizada e econômica.

 Acesse o simulador: https://www.hsconsorcios.com.br/simulador

Novas regras da ANAC entram em vigor, entenda

anac

No último dia 14 de março, entraram em vigor as novas regras da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) para bagagens. Apesar de polêmica, a mudança já começa a valer para quem comprou passagens após o 14 de março.

O que muda?

O peso limite para bagagens de mão passa de 5 kg para 10 kg. Porém, para as bagagens despachadas o cenário muda negativamente. Se antes, o passageiro podia transportar até 23 kg em voos nacionais e 32 kg em voos internacionais sem pagar por excesso de bagagem, agora, toda e qualquer bagagem despachada será cobrada – e a definição do valor ficará a cargo de cada companhia aérea.

Sobre a multa por cancelamento, ela não poderá ser maior que o valor da passagem. Além disso, tarifas portuárias e taxas de embarque deverão ser integralmente reembolsadas e a empresa deverá oferecer a opção de passagens com regras flexíveis e que garantem até 95% do reembolso.

E mais: o passageiro pode desistir, sem ônus, da compra no prazo de 24h após receber o comprovante de passagem – caso o período até a data de embarque seja superior a 7 dias.

Mais informações no site da ANAC.

Aprenda a declarar o seu veículo no Imposto de Renda

blog_veiculo

Se você é obrigado a declarar o Imposto de Renda da Pessoa Física (saiba mais), qualquer veículo que você possua deve ser incluído nos valores declarados.

É um processo bem simples, mas você não deve esquecê-lo.

  • Acesse a ficha Bens e Direitos do formulário;

  • Em seguida, escolha o código 21 – veículo automotor terrestre;

  • Em Discriminação, informe a marca, modelo, ano de fabricação, placa ou registro, data e forma de aquisição do carro.

  • Se o veículo foi adquirido em 2016, deixe o campo Situação em 31/12/2015 em branco e preencha apenas o referente à 2016. Caso contrário, repita as informações declaradas no ano anterior.

  • Se você não possui mais o veículo, deixe em branco o campo Situação em 31/12/2016 e informe a venda em Discriminação, incluindo o CNPJ ou CPF do comprador.

Ainda não possuo o veículo, mas estou pagando consórcio. Devo declarar?

Sim. Você não pode declarar um veículo que ainda não tem, mas pode informar os valores gastos com o investimento. Em Bens e Direitos, preencha o gasto feito durante o ano com o código 95 – Consórcio não contemplado.

Fique atento ao prazo de 28 de abril e não deixe de declarar seu Imposto de Renda.

Leia mais: Saiba como declarar seu imposto de renda

Saiba como declarar seu Imposto de Renda

Imposto de Renda

Desde o dia 02 de março, está aberto o prazo para a declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física 2017. É importante lembrar que o quanto antes você fizer a declaração, mais cedo terá a restituição. O prazo termina em 28 de abril.

Onde declaro?

Você deve utilizar o programa gerador de declaração. Há duas opções: fazer o download no seu computador ou instalar o app, disponível para Android e iOS. Saiba mais aqui. Se você já tem o programa, basta atualizá-lo em Menu > Ferramentas > Verificar Atualizações.

É possível importar os dados da declaração passada, basta atualizar eventuais informações e registrar as novas transações.

Quem é obrigado a declarar o IRPF?

Você deve declarar o Imposto de Renda se:

  • Teve renda anual superior à R$ 28.559,70 ou recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, com soma superior à R$ 40.000,00;

  • Teve ganho de capital ou operação de bolsa de valores;

  • Optou pela isenção do imposto sobre a renda incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais, cujo produto seja destinado à aquisição de imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias contados da celebração do contrato de venda;

  • Obteve renda bruta anual em atividade rural superior à R$ 142.798,50;

  • Pretende compensar no ano-calendário de 2016 ou posteriores os prejuízos de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário de 2016 – relativo à atividade rural;

  • Teve posse de bens e direitos, inclusive terra nua, de valor superior à R$ 300.000,00;

  • Passou à condição de residente do Brasil e se encontrava nesta situação em 31 de janeiro de 2016.

Leia mais no site da Receita Federal.

Caso você não se enquadre nos pontos acima; seja dependente em declaração de outra pessoa física; ou teve a posse de bens e direitos, mas tem os bens comuns declarados pelo cônjuge e valor de bens privativos que não exceda R$ 300.000,00, você está dispensado da Declaração de Ajuste Anual do IRPF 2017.

Quais documentos devo ter em mãos?

  • Informes de rendimento do empregador;

  • Informes de rendimento de bancos;

  • Informes de gestoras e corretoras;

  • Comprovantes de rendimento e pagamento de aluguéis;

  • Comprovantes de despesas médicas e odontológicas;

  • Comprovantes de despesas com educação – material escolar, atividades extracurriculares e cursos de idiomas não inclusos;

  • Carnês de contribuição ao INSS de empregados domésticos;

  • Comprovantes de processos judiciais;

  • Comprovantes de doações incentivadas.

Saiba mais aqui.

Importante: documentos apresentados na declaração do IR devem ser guardados por cinco anos, contados a partir de 1º de janeiro do ano seguinte. Se a declaração cair na malha fina, esse prazo de cinco anos é contado a partir de dois anos da data de entrega.

É possível retificar os documentos entregues?

Caso haja erros, negligência ou imprecisões, pode ser entregue uma declaração retificadora sem multa. Porém, a pessoa que o fizer ficará entre os últimos lotes de recebimento da restituição, já que a data desta última declaração se sobrepõe à original.

O que acontece se não cumprir o prazo?

Se você não entregar a declaração do IR até 28 abril, deve enviá-la com atraso e terá de pagar multa. O valor mínimo da multa é de R$ 165,74 e pode chegar a 20% sobre o total devido de 2016. A multa é deduzida do valor da restituição.

Quando serei restituído?

O calendário de restituições de 2017 já foi divulgado. O pagamento será feito em sete lotes, de junho a dezembro.

  • 1º lote – 16 de junho

  • 2º lote – 17 de julho

  • 3º lote – 15 de agosto

  • 4º lote – 15 de setembro

  • 5º lote – 16 de outubro

  • 6º lote – 16 de novembro

  • 7º lote – 15 de dezembro