Arquivo da tag: Santa Catarina

Consórcio como opção

preview-full-preview-full-2016.06.15_BLOG

Entrevista retirada da revista Imovelclass, edição 127, de 22 de maio de 2016. (www.revistaimovelclass.com.br/web/pub/imovelclass)

Flexibilidade e liberdade para escolher o imóvel, parcelamento integral, diferentes prazos para pagar e baixo custo final são exemplos de vantagens que esse produto dispõe.

O consórcio é uma excelente alternativa para quem prefere esperar mais tempo para adquirir seu imóvel. Veja nesta entrevista com o especialista Paulo Roberto Rossi quais os benefícios desse produto e os cuidados a serem tomados ao contratar.

Que presença tem o segmento de consórcio de imóveis hoje no País?

Os dados relativos a 2015 mostram que a média nacional de participação dos consórcios nas vendas de imóveis foi de 16%, representando um aumento em relação ao ano anterior, quando o percentual chegou a 11,4%. No Rio Grande do Sul, em 2015 atingiu-se a média de 20,4%. Esses dados demonstram que o consórcio vem sendo gradualmente reconhecido pelos consumidores.

Quais são as vantagens do consórcio de imóveis?

Algumas são o parcelamento integral, a diversidade de prazos para pagamentos e o baixo custo final, além de comprar à vista com real poder de negociação e barganha quando da contemplação. De posse do crédito, o consorciado tem ainda ampla flexibilidade e liberdade de escolha do bem. Entre as vantagens financeiras estão a possibilidade de utilizar reserva para ofertar lance como custo de oportunidade, bem como o uso de até 10% do valor do crédito para fazer frente às despesas decorrentes da compra, como pagamento de tributos, seguros, registros cartoriais e transferências de propriedade.

Para quem o consórcio é a melhor opção?

Destina-se a pessoas que planejam seus investimentos e a aquisição de bens ou serviços a médio e longo prazos. É ideal para consumidores maduros, atentos à essência da educação financeira, que analisam a viabilidade do investimento e evitam a compra por impulso. O consorciado é aquele que procura não arcar com ônus decorrentes das taxas de juros, programando suas compras.

Quais são as dicas para quem pretende aderir ao consórcio?

Antes de assumir um compromisso, o consumidor deve atentar para alguns aspectos, como:

• Procurar uma administradora de consórcios autorizada pelo Banco Central do Brasil.

• Ler atentamente as cláusulas do contrato para conhecer direitos e obrigações.

• Verificar se o valor do crédito e o prazo de duração do grupo constam no contrato.

• Conferir os percentuais de contribuições (taxa de administração e, se houver, fundo de reserva e/ou seguro) e as demais despesas que serão cobradas.

• Certificar-se quanto ao critério de correção do crédito que será aplicado pela administradora e às garantias que deverão ser fornecidas para retirar o bem ao ser contemplado.

• Verificar as regras de contemplação por sorteio e lance, a forma de antecipação de pagamento de prestações e a possibilidade de optar por crédito de menor ou maior valor antes da contemplação.

• Certificar-se de que aquilo que foi prometido consta do contrato.

Como usar recursos do FGTS no consórcio de imóveis?

A possibilidade existe desde 1993, quando o trabalhador passou a poder usar seu saldo para complementar a carta de crédito. Em 2009, veio a permissão de utilizar o recurso para a amortização extraordinária ou liquidação de saldo devedor e ainda para o pagamento de parte do valor das prestações. No site da ABAC (www.abac.org.br) há uma cartilha que orienta como utilizar o FGTS para aquisição de imóveis por meio do consórcio.

Faça a simulação do melhor consórcio para você: www.hsconsorcios.com.br/simulador

Quer morar em uma das 10 melhores cidades brasileiras?

2016.06.07_BLOG

Realizar um grande sonho pode envolver diversas decisões. Quando você resolve morar sozinho, ou se mudar, por exemplo, precisa decidir entre alugar ou comprar, casa ou apartamento, número de quartos, novo ou usado, etc… Mas, antes de tudo isso, você precisa decidir ONDE quer morar.

Para ajudar você nessa decisão, listamos aqui as 10 melhores cidades para se morar, segundo a consultoria Delta Economics & Finance, e o valor médio da compra de um imóvel em cada uma dessas localidades em 2015. Foram avaliados aspectos como condições materiais de vida, saúde, educação, segurança e digital.

1º Santos – SP

Valor médio do m² = R$ 5.371,00
Valor de um imóvel de 50m² = R$ 268.550

2º Belo Horizonte – MG

Valor médio do m² = R$ 4.794,00
Valor de um imóvel de 50m² = R$ 239.700

3º Jundiaí – SP

Valor médio do m² = R$ 5.458,00
Valor de um imóvel de 50m² = R$ 272.900

4º Blumenau – SC

Valor médio do m² = R$ 2.958,00
Valor de um imóvel de 50m² = R$ 147.900

5º Campinas – SP

Valor médio do m² = R$ 5.338,00
Valor de um imóvel de 50m² = R$ 266.900

6º São Bernardo do Campo – SP

Valor médio do m² = R$ 5.042,00
Valor de um imóvel de 50m² = R$ 252.100

7º Mogi das Cruzes – SP

Valor médio do m² = R$ 2.928,00
Valor de um imóvel de 50m² = R$ 146.400

8º Mauá – SP

Valor médio do m² = R$ 4.325,00
Valor de um imóvel de 50m² = R$ 216.250

9º Curitiba – PR

Valor médio do m² = R$ 5.677,00
Valor de um imóvel de 50m² = R$ 283.850

10º Santo André – SP

Valor médio do m² = R$ 5.146,00
Valor de um imóvel de 50m² = R$ 257.300

Que tal aproveitar as férias de inverno para conhecer essas cidades? A HS Consórcios está presente em toda a Região Sul e também em São Paulo para auxiliar você a fazer o melhor negócio. www.hsconsorcios.com.br/onde-encontrar

Por que o consórcio é a melhor opção para quem quer sair de casa?

2016.05.24_BLOG

Se você está pensando em sair de casa, a primeira (e talvez única) ideia que surgiu foi procurar uma casa ou um apartamento para alugar. Talvez até dividir com um amigo ou dois, já que os valores estão cada vez mais altos. Mas você também já deve ter parado para pensar que mensalmente você estará deixando seu dinheiro para trás, sem investir num futuro imóvel que poderia ser seu.

Existe um jeito de você conciliar pagamento de parcelas mensais (como as do aluguel) com o sonho de ter a sua casa própria, sabia?

O consórcio de um imóvel funciona assim: você decide o valor do imóvel e entra no consórcio junto com um grupo de pessoas com valores semelhantes ao seu. Você não precisa pagar entrada, e mensalmente paga uma parcela com valor preestabelecido. Esse valor NÃO sofre alteração por juros, apenas uma taxa administrativa fixa. Quando você é contemplado, recebe uma carta de crédito para investir no seu imóvel. Você pode esperar ser contemplado por sorteio ou tentar adiantar a contemplação com um lance (saiba como funcionam os lances aqui: http://blog.hsconsorcios.com.br/2016/05/4-tipos-de-lance-para-voce-escolher/). Com a carta de crédito nas mãos, você compra o seu imóvel e continua o pagamento das parcelas mensais até o final.

Resumindo: Tanto no consórcio quanto no aluguel, você faz pagamentos de parcelas mensais. A diferença é que o consórcio é um investimento num futuro imóvel, já que em algum momento você será contemplado com o valor total para a compra do imóvel. Além disso, o consórcio oferece parcelas fixas sem juros, o que significa que você pagará sempre o mesmo valor mensalmente sem acréscimos e terá mais controle do seu dinheiro.

Viu como ficou mais fácil realizar seu sonho?

Agora você pode fazer uma simulação aqui (www.hsconsorcios.com.br/simulador) ou conversar com um de nossos corretores, que estão sempre prontos para atender você.

Consórcio de carros e imóveis cresce com restrição ao crédito nos bancos

Em meio ao aumento das restrições para o crédito nos bancos, os consórcios de veículos e imóveis registram expansão na adesão em 2015.

De janeiro a agosto, a venda de novas cotas imobiliárias cresceu 46,5% na comparação com o mesmo período do ano passado, para 155,6 mil, de acordo com dados da Abac (Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios). No caso de veículos leves, a expansão foi de 20,3% (625,5 mil novas cotas).

A crise econômica e o aumento da inadimplência tornaram as instituições financeiras mais conservadoras na hora de conceder crédito. A Caixa Econômica Federal, líder no financiamento imobiliário à pessoa física, subiu os juros três vezes neste ano.

1

Com o aumento na procura, a participação potencial dos consórcios no total de compras de veículos e imóveis cresceu no primeiro semestre.

Para Vitor Bonvino, presidente nacional da Abac, o ganho não pode ser explicado só pela redução nos financiamentos. “Pode haver uma migração, em princípio, mas o mecanismo do consórcio é muito diferente. Não são operações comparáveis”, diz.

Na sua avaliação, a modalidade se beneficia do aumento da educação financeira. Mas também pode sofrer se a deterioração econômica continuar.

JUROS

Diferentemente do financiamento, no consórcio o participante não paga juros, mas precisa arcar com os custos da taxa de administração. As parcelas ainda são corrigidas anualmente pela inflação –portanto, aumentam ao longo do tempo–, assim como o dinheiro da contemplação.

A diferença de custo foi o fator decisivo para a consultora de moda Karine Souza, 30, ao avaliar as opções para quitar um imóvel comprado na planta há dois anos. “Os juros subiram e, ao fazer as simulações, percebi que a parcela do consórcio sairia mais barata”, diz.

Souza comprou a cota do consórcio em maio e, por sorte, foi contemplada já em julho –o pagamento será feito em novembro. Mas, segundo Prata, do Canal do Crédito, a modalidade não é indicada para casos como o dela. “Consórcio não serve para quem quer crédito rápido”, afirma.

2

A variação no preço do imóvel no período do consórcio é outro ponto a ser observado. Se houver valorização acima da inflação, a modalidade deixa de valer a pena.

Para adiantar a contemplação, existem duas formas: os lances e os sorteios, que acontecem em todas as assembleias do grupo.

Para veículos, o valor necessário varia, em média, entre 20% e 30% do preço do carro, diz Bonvino.

No caso de imóveis, o lance costuma ser ainda maior, mas o trabalhador pode contar com o reforço do saldo acumulado no FGTS.

Fonte: Folha Online – 19/10/2015

Eventos HS Consórcios!

12047144_691868680914409_7261844656659906999_n

No mês de outubro a HS Consórcios estará presentes em diversos eventos, e nesses próximos dias estará presente nos seguintes locais:  No Rio Grande do Sul, na Oktoberfest Santa Cruz do Sul (7/10 a 18/10), na Expojuc em Júlio de Castilhos (8/10 a 11/10), na Fecoarti Santiago (8/10 a 12/10), no 31º Encontro Estadual de Hortigranjeiros em Santa Rosa (8/10 a 12/10), na Volksfest Portão (8/10 a 12/10) e na ExpoIjuí Fenadi em Ijuí (9/10 a 19/10). Também marcaremos presença na EXPOESTE em Chapecó- SC (8/10 a 12/10) e na ExpoToledo [PÁGINA OFICIAL] em Toledo-PR (8/10 a 12/10).

Venha fazer uma visita em nosso espaço na feira mais perto de você!

Sistema de Consórcios em julho: dados econômicos

Na contramão do ritmo da economia, o Sistema de Consórcios registrou novas altas no mês de julho. O número de participantes ativos consolidado no período atingiu 7,15 milhões, 4,4% mais que os 6,85 milhões registrados no mesmo mês do ano passado. E as vendas de novas cotas do Sistema cresceram 5,4% no acumulado de janeiro a julho, ao totalizarem 1,36 milhão contra 1,29 milhão no mesmo período de 2014.

Os consórcios de imóveis e de veículos leves continuam como grandes destaques do Sistema no início do segundo semestre. De janeiro a julho, as vendas de novas cotas de imóveis somaram mais 50% do total de adesões ao mecanismo e as de veículos leves ultrapassaram 17%. Estendendo os números para cinco anos, o total de participantes em veículos leves aumentou 116,7% e o de imóveis 15,5%. Veja nos gráficos:

imagem 01

imagem 02

Confira a seguir um resumo do desempenho de cada setor no mês de julho, com base em estimativas da Assessoria Econômica da ABAC. Os dados comparativos fazem referência ao período entre os meses de janeiro a junho de 2014:

Consórcio de veículos leves: nos sete primeiros meses deste ano, o setor que reúne automóveis, camionetas e utilitários registrou um crescimento de 13% no total de participantes ativos consolidados. Outros indicadores do setor (novas adesões e vendas de novas cotas) também apontaram alta. E os destaques foram o aumento de 18,5%, no número de contemplações, e de 18,9% em créditos disponibilizados. É importante destacar que, registrando um potencial de participação de 24,2% nas vendas do mercado interno, o setor de veículos leves disponibilizou créditos superiores a R$ 12 bilhões para os diversos elos da cadeia produtiva do segmento automobilístico.

Consórcio de imóveis: ao superar 50% de alta nas novas adesões e quase 53% nos créditos comercializados entre janeiro e julho de 2015, o setor de imóveis atingiu 783,5 mil participantes ativos consolidados em julho desse ano, um número 2,5% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado. Paralelamente, o tíquete médio, as contemplações e os créditos disponibilizados aumentaram 1,8%, 1,2% e 5,7%, respectivamente, em comparação ao mesmo período do ano passado.

Consórcio de motocicletas e motonetas: segundo maior em número de participantes ativos consolidados do Sistema de Consórcios, o setor fechou os sete primeiros meses de 2015 com alta de 2,6% no total de contemplações. O volume acumulado indicou 61,2% de potencial para participação da modalidade nas vendas do mercado interno em julho. O volume de créditos disponibilizados também apresentou alta, registrando crescimento de 13,1%. Já o número de participantes ativos consolidados e as novas adesões registraram retrações em 3% e 9%.

Consórcio de veículos pesados: reunindo veículos pesados de transporte rodoviário de carga e de passageiros, além do agronegócio, o setor manteve o ritmo de alta no volume de participantes ativos consolidados com 3,5%. O acumulado de novas adesões, créditos comercializados e tíquete médio também cresceram, com 11%, 13,5% e 1,9% respectivamente. E o número de contemplações e o volume de créditos disponibilizados apresentaram queda de 6,1% e 4,1%.

Consórcio de eletroeletrônicos e outros bens duráveis: devido às atuais instabilidades econômicas, o setor tem passado por constantes retrações em seus diversos indicadores, como é possível observar nos acumulados de vendas de novas cotas, com queda de 14,1%, e de contemplações, com baixa de 19,7%. Os volumes de participantes ativos consolidados, créditos comercializados e disponibilizados também apontaram reduções de 20,2%, 11,9% e de 11,5 %, respectivamente. Contudo, a estabilidade do tíquete médio aponta apenas que as adesões têm mantido o valor dos créditos próximo aos R$ 5 mil.

Consórcio de serviços: três indicadores desse setor demonstraram crescimento nos sete primeiros meses de 2014: participantes ativos consolidados (35,7%), contemplações (39,6%) e créditos disponibilizados (34,5%). Já nas vendas de novas cotas, o volume de créditos comercializados e o tíquete médio mostraram retração de 16,2%, 20,1% e 1,7%, respectivamente.

Sistema de Consórcios em geral

Confira, a seguir, os números gerais do Sistema de Consórcios entre os meses de janeiro e julho de 2015, em relação ao mesmo período do ano passado:

Participantes ativos consolidados (em grupos em andamento)

– 7,15 milhões (julho/2015)

Crescimento: 4,4%

Vendas de novas cotas (novos consorciados)

– 1,36 milhão (janeiro-julho/2015)

Crescimento: 5,4%

Volume de créditos comercializados

– R$ 50,47 bilhões (janeiro-julho/2015)

Crescimento: 21,1%

Tíquete médio geral (valor médio da cota no mês)

– R$ 39,1 mil (julho/2015)

Crescimento: 21,1%

Contemplações (consorciados que tiveram a oportunidade de comprar bens)

– 830,4 mil (janeiro-julho/2015)

Crescimento: 7,5%

Volume de créditos disponibilizados

– R$ 23,83 bilhões (janeiro-julho/2015)

Crescimento: 12,3%

 

FONTE: ABAC http://blog.abac.org.br/drops-de-mercado/sistema-de-consorcios-em-julho-dados-economicos#ancora

Eventos Outubro

12046667_689769827790961_2381898735920226059_n

Nesse primeiro final de semana, do mês de Outubro, a HS Consórcios estará presente em diversos eventos no estado do RS. Confira a lista abaixo de eventos e veja o que fica mais próximo de você. Não perca a oportunidade, dê uma passadinha em nosso stand para conversar e ver as oportunidades que a HS Consórcios tem para você investir no futuro.

Eventos

Fenachamp – Garibaldi – 1º a 25 de Outubro

ExpoFeira – Santa Maria – 1º a 04 de Outubro

Expoara – Aratiba – 1º a 04 de Outubro

Oktoberfest -  São Leopoldo – 02 a 04 de Outubro

ExpoCamaquã  – Camaquã – 29 de setembro a 10 de Outubro

CitrusFlor – Pareci Novo – 25 de setembro a 04 de Outubro

Feira Loucura Por  Sapatos – Novo Hamburgo – 02 a 12 de Outubro

Mateada Jornal NH  – Novo Hmburgo – 04 de Outubro

Encontro Supervisão HS Consórcios

A HS Consórcios realizou nessa última quinta-feira(17), no Hotel Union, em Novo Hamburgo, a reunião para o último quadrimestre de 2015.  Estiveram presentes supervisores dos quatro estados em que a HS Consórcios atua. Além de discutir vendas e resultados, nossos colaboradores aproveitaram para trocar experiências sobre o que já foi feito esse ano, com foco nas novas estratégias que serão implementadas em 2016.

 

IMG_5077 IMG_5098 IMG_5101 IMG_5104