Arquivos diários: 07/05/2021

07-05_Lauda_capa

8 dicas para uma vida financeira feliz

Pensar em finanças não precisa ser algo estressante, e sim fazer parte do seu cotidiano. Por isso, separamos 8 dicas para levar a sua vida financeira de forma leve e tranquila.
Ter mais dinheiro do que você tem hoje, não significa necessariamente que você não terá problemas financeiros, o segredo está em saber a melhor forma de administrá-lo. Sendo assim, é muito importante lembrar que os seus hábitos vão definir a vida que você vai levar no futuro. Iniciar com pequenas atitudes é ainda melhor do que não dar nenhum passo, já que um bom planejamento pode colocar você mais perto dos seus sonhos. Para ajudar você, preparamos 8 dicas para uma vida financeira feliz. Acompanhe:

Realize uma análise completa das suas finanças

O primeiro passo é fazer uma análise do seu perfil de consumo. Ter um entendimento real do destino da sua renda é importante para traçar uma estratégia financeira bem elaborada. Tenha em mente quanto você ganha, quais seus gastos, dívidas e investimentos.

Cuidado com o cartão de crédito

O cartão de crédito é uma enorme facilidade, mas se não for utilizado com sabedoria, pode oferecer sérios problemas às suas finanças. É preciso ter em mente que o crédito não é dinheiro disponível e que em algum momento, a fatura dele precisará ser paga. Então evite a opção “depois eu resolvo como vou pagar”.

Crie um comparativo de preços

Às vezes a diferença de preços de uma loja para outra pode ser muito sutil, mas pense na diferença que este valor pode fazer ao longo do mês se utilizar deste mecanismo em todas as suas compras. Ou quando for ao supermercado, experimente dar uma chance para produtos mais baratos que você nunca testou, mas que são semelhantes ao que costuma comprar.

Faça um acompanhamento diário das movimentações

Reserve diariamente alguns minutos para acompanhar as movimentações financeiras feitas, fazendo disso um hábito. Como hoje a maioria das transações acontecem via smartphone, fica ainda mais fácil acompanhar os gastos através do aplicativo do banco ou destinados propriamente a controle de gastos. Há quem prefira registrar em caderno ou planilhas no computador. Você deve procurar o método de registro que achar melhor para que o hábito se mantenha.

Crie divisões por tipo de gasto

Organize seus gastos por grupos, separando-os por semelhança, por exemplo: lazer, alimentação, investimentos. A partir dessa divisão, é possível localizar gastos desnecessários e comportamentos viciosos que podem ser cortados. O ideal, segundo diversos economistas, é direcionar 50% da renda para gastos essenciais, 15% para prioridades financeiras e 35% para despesas relacionadas a estilo de vida.

Fuja das compras por impulso

Este pode ser um dos maiores desafios para quem busca uma organização financeira. Delivery, compras na internet, mercadorias na fila do caixa ou presentear-se em dias difíceis pode ser tentador, mas são atos extremamente nocivos para a saúde financeira, fuja disso!

Leve em consideração possíveis surpresas

Imprevistos podem sempre acontecer, principalmente quando é o que menos se espera. Mas é possível estar minimamente preparado para encará-los. Reserve uma pequena parte da sua renda para enfrentar este tipo de “surpresa”.
Faça investimentos

Lembre-se que investimento é diferente de reserva de emergência. O investimento é o valor que você emprega para atingir objetivos futuros. Uma excelente opção é o consórcio. Isso porque é um segmento muito vantajoso para quem deseja adquirir os seus bens ou fazer um investimento de longo prazo com segurança. Com a HS Consórcios você não precisa dar entrada, não paga juros e pode optar por pagar meia parcela até a contemplação. Acesse o nosso site e faça uma simulação para definir quanto você pode investir por mês.

https://hsconsorcios.com.br/simulador